UHW

Escala

Destaques:

quarta-feira, 21 de março de 2012

Os novos Hot Ones deste ano

A Mattel resolveu mostrar o que vem por aí em várias séries, inclusive com a série Hot Ones, que é um sucesso nos EUA e um fracasso por aqui. De qualquer forma, vale a pena ver quais modelos vão aparecer nos próximos lotes:

• 442 Much (Mix 1):

• BMW M1, Ford GT-40, Porsche 917 (Mix 2):

• '84 Hurst Olds, Dumpin' A, '78 Corvette (Mix 3):

• Long Gone (Mix 4):

• Roll Patrol (Mix 5): 

12 comentários:

  1. Até que enfim eu vi um hot one que me deu vontade de comprar, o BMW M1, pois gosto muito deste carro! Quanto ao motivo do fracasso, vejo como sendo um só, essas minis são uma espécie de reedições de modelos que já foram lançados a alguns anos atras. PAra o público brasileiro, são miniaturas que não significam nada, pois nesse época tinhamos os MAtchbox. Se essa série fosse feita com MB com certeza faria sucesso por aqui!

    ResponderExcluir
  2. Assim não tem salário que resista até ao final do mês! Acho que o fracasso se deve aos velhos e conhecidos problemas de distribuição. Aqui em Belém só chegou a primeira parte dos carrinhos do primeiro lote.

    ResponderExcluir
  3. É PQ ESSES CARRINHOS FORAM UM DOS PRIMEIROS HOT WHEELS FABRICADOS VC PODE VER PELAS RODAS E PELA PINTURA..

    ResponderExcluir
  4. é caro, a pintura quase sempre é feia, não tem rodas de borracha, claro q é um fracaso

    ResponderExcluir
  5. E tem mais uma coisa...só veio pra cá o primeiro lote, sem graça, na minha opinião, mas se vierem esses aí eu vou querer sim o Porsche a BM E O Much...

    ResponderExcluir
  6. Siceramente eu acho essa série um desperdício de material...
    É algo mais voltado para os saudosistas que acompanharam o início e a evolução dos HW, fato este que não aconteceu comigo e com a maioria dos colecionadores atuais que são "recentes" no hobby. Hoje a galera se preocupa com TH e Superized, paga caro pra conseguir todos os modelos (assim como eu já fiz), mas não gasta dinheiro em séries como esta porque não são atrativas. Na minha opinião falta algo que dê um "requinte" aos modelos, seja uma pintura legal ou rodas de borracha, como alguém já disse acima. E o pior de tudo é que no fim das contas isso vai pesar contra os colecionadores brasileiros, pois na hora do fechamento das contas algum acionista, diretor ou mesmo "palpiteiro" vai dizer: "olha só o resultado das vendas no Brasil, não vale a pena mandar séries especiais pra lá... deixa eles com a série básica e já tá bom!" E assim a cada ano vamos vendo série após série ser descontinuada para o Brasil simplesmente porque falta à Mattel do Brasil um pouco de senso para, pelo menos, fazer uma pesquisa de mercado pra ver se o produto vai ser bem aceito pelo público ou vai virar encalhe e prejuízo para os lojistas.

    ResponderExcluir
  7. Miniaturas sem graça nos primeiros lotes de Hot Ones, como já disse o César num comentário acima.
    Por isso a série, aparentemente, não está vendendo bem.

    Estou no aguardo para encontrar uma dessas BMW M1 e um '84 Hurst Olds. Esse último uma grata surpresa, diga-se de passagem. Bem jeitoso o modelo!

    ResponderExcluir
  8. Não achei a série tão ruim assim!!!
    Acho que é mais uma opção, e serviu para adquirir modelos anteriores ao meu início de coleção, e que não aparecem a bastante tempo!
    Na primeira leva peguei o Fat Fendered '40, e nessa gora tem vários que vou querer!!! Destaque para o Long Gone!!!

    ResponderExcluir
  9. Por aqui muita gente critica, mas gostei muito dos Hot Ones justamente por lembrarem muito as miniaturas de uma boa época da Hot Wheels. Tenho algumas minis do fim dos anos 70 e anos 80 que seguem bem esta "vibe", e fiquei feliz de ver reinterpretada uma parte da história do diecast.

    ResponderExcluir