UHW

Escala

Destaques:

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Apresentação da Hot Wheels na convenção: Decepção (parte 1)

Semanas atrás aconteceu a convenção de Hot Wheels de Dearborn, e você ficou sabendo de tudo por aqui. Mas o que você não soube é que essa foi talvez a pior convenção americana que aconteceu por lá na opinião de vários colecionadores que por lá estiveram. E os motivos pra isso foram:

• Não foram mostrados os tradicionais displays com novos modelos que ainda serão lançados, como tem acontecido em todas as convenções.

• Nem todos ficaram satisfeitos com as miniaturas exclusivas.

• A festa especial apenas para membros do Red Line Club foi bem ruim.

• A apresentação final mostrou muito pouco dos novos modelos e focou mais no Team Hot Wheels, que não chamou a atenção das crianças e muito menos dos colecionadores. A platéia simplesmente ignorou a apresentação do Team Hot Wheels e não mostrou nenhuma emoção com os vídeos caríssimos que foram produzidos pela Mattel, e que trouxeram tão pouco resultado para as vendas, já que a empresa continua em uma grave crise.


Conseguimos destacar algumas coisas interessantes da apresentação. Veja mais fotos aqui.

• Em 2013 os T-Hunts não terão mais a tradicional tarja verde nas cartelas.

• Em 2013 a linha básica será dividida em HW City, HW Imagination, HW Stunt, HW Racing e HW Showroom. Ainda existirão os modelos inéditos que hoje aparecem na série New Models/Premiere. Veja abaixo alguns exemplos dessas séries:


• Também foram mostrados poucas novidades dos modelos deste ano da mainline:


Amanhã teremos a continuação desta matéria com as novidades para as série colecionáveis.

20 comentários:

  1. "Em 2013 a linha básica será dividida em HW City, HW Imagination, HW Stunt, HW Racing e HW Showroom."

    O sistema soa muito parecido com o que faz (ou fazia) a Matchbox.
    Seria esse algum sinal de possível fusão entre as duas marcas, e, por conseguinte, o fim da Matchbox propriamente dita? Espero que não.
    A julgar pelos rumos que a Mattel tem dado à saudosa divisão de miniaturas, creio que faça sentido.
    Gostaria que isso não acontecesse, mas.... vai saber.

    ResponderExcluir
  2. Vou ter que achar outro hobby?

    - colecionava fichas de ônibus. Isso acabou.
    - colecionava cartões de telefone. Isso acabou.
    - ainda coleciono CDs. Mas soube que acabarão no final de ano, deixando de serem produzidos.

    Agora não vão me dizer que os carrinhos de ferro vão deixar de existir? Que puxa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu só conhece Hot Wheels? Se sim, sinto em informar que tu esta perdendo grandes minis de outras marcas, tais como: Johnny Lightning, Welly, Greenlight, M2, Maisto e muitas outras.

      Miniatura não é apenas Hot Wheels, e caso o problema for dinheiro, posso garantir quer as minis da Welly são superiores a Hot Wheels. E dependendo da loja, chegam a custar mais barato. (R$ 4.99)

      Excluir
  3. ford crown e maclarem? na mainline? espero q nao sejam so imagens exemplo.

    ResponderExcluir
  4. Quanto mais ouço falar de crise na Mattel, mais imagino como persistir no erro pode ser fatal para superar essa crise.
    A Mattel não fabrica apenas carrinhos colecionáveis, portanto a crise é maior nas divisões dos outros produtos pois tem maior valor agregado. Porém ao tratar um ítem colecionável como mero brinquedo afujenta um número expressivo de pessoas que compram inúmeros ítens (e não apenas alguns para saciar os desejos infantis) e que tem poder aquisitivo para "investir" nesse hobby. Tudo bem que hoje o colecionador tem mais opções (principalmente no Brasil onde ele não tinha acesso a outras marcas), mas a opção de comprá-las se deve porque os ítens da Mattel ou não são agradáveis aos que querem colecionar ou são feitos em número insuficientes e mal distribuídos. Com isso é perfeitamente normal procurar alternativas.
    Fechar a Matchbox poderá ser outro grandioso erro, assim como torná-la mais parecida ao próprio Hot Wheels. Se a Mattel não tem interesse pela marca então venda-a para que outro venha a oferecer a tradição e a qualidade da Matchbox.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a Mattel vender a Matchbox, dai sim ela quebra de vez.
      Aposto que manter a tradição dos MB, é a ultima coisa que a Mattel pensa.

      Na minha opinião, eu acho que a Mattel tenta manter os MB atras dos HW, ainda mais esse ano de 2012.
      Tão lançando diversas minis bonitinhas da HW e tão ridicularizando os MB.

      Excluir
    2. Tudo bem respeito sua opinião, mas dentro da Mattel a marca Matchbox está morrendo e vender seria melhor que encerrar a marca. E o que pode quebrar a Mattel é a própria estratégia errada de marketing e decisões pra lá de controversas em relação aos seus consumidores. Faz tempo que a Mattel não ouve o mercado (se é que um dia ela ouviu!).

      Excluir
    3. Vano fazer uma vaquinha e comprar a Matchbox? DO jeito que a coisa tá feia na Mattel, qualquer 1000 conto tá salvando.

      Excluir
  5. Deus é mais... vão assombrar outro... Tá feio de mais a coisa...

    ResponderExcluir
  6. Como venho vendo a coisa tá realmente feia, mas eu só percebi isso qd na semana passada recebi em casa meu primeiro Matchbox, um Cadillac Wagon CTS na cor laranja, confesso que fiquei una 10 minutos olhando fixamente para ela e de boca aberta, só ai percebi a paixão de vcs por essa marca. Penso então que seria uma perda grande pra Mal Tel e gigantesca pra nós meros mortais que dedicamos minutos ou no meu caso horas nesse hobby, espero que a mainline melhore ainda mais pq tenho alguns modelos mais antigos e percebo uma melhora nas minis mas acho que muita gente gostaria de trocar essa linha básica pelos Matchbox.
    Sou colecionador apenas de HW por enquanto, mas vou ficar na torcida por vcs para que os MB voltem aos seus tempos de glória.
    Abraços à todos os amantes do nosso hobby

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí meu amigo. Ainda bem que você teve a oportunidade de sentir que existe um MUNDO fora dos hot wheels.
      O maior apelo de compra dos HW para nós, colecionadores, é apenas a relação custo/benefício. Você paga apenas 6 reais por uma mini "bonitinha", BASEADA no carro real (ou alguém já viu aqui um Opala ou um Camaro 2011 com a roda traseira maior?). Definitivamente NÃO é uma miniatura.
      Os Matchbox na maioria são exatamente o tipo de mini que gosto de colecionar, ou seja, o carro ORIGINAL 64 vezes menor.
      Pena que a Mattel vai deixar a marca morrer à míngua.

      Excluir
    2. Os Hot Wheels não são exatamente réplicas, né. Nunca foram. Exceto pelas séries mais caras. A mainline dá a liberdade pros designers fazerem algo de diferente baseando-se em carros reais. Na maioria das vezes é só a roda traseira mesmo, o que com um custom bem feito, resolve na hora.

      Na verdade, Matchbox, Johnny Lightining e até Greenlight pecam em alguma coisa. Posso dizer com conhecimento de causa, por possuir modelos dessas marcas, que cada uma tem sua dose de "infidelidade".

      Excluir
  7. Provavelmente esta imagem de uma El Camino estilizada para corrida será o modelo para a miniatura de numero 49 da MainLine deste ano

    ResponderExcluir
  8. A Mattel está tão perdida que não acerta nem na apresentação da linha 2013;
    Veja que ela apresenta nas cinco linhas a linha "Imagination".
    Quando fez a apresntação linha por linha, esta passou a chamar-se "Fantasy".

    ResponderExcluir
  9. QUERO QUE A HW VÁ MESMO PRA ROÇA, tem tantas outros fabricantes muuuuuuuuuuuuito melhores e nego chorando por causa de toscowheels...ave maria...vc's não acordaram ainda??? Colecionador não está nos PLANOS deles, esses fdp acabaram com a marca mais tradicional do mundo(matchbox)essa MÁ-TTEL é uma porra. Fábio Catto

    ResponderExcluir
  10. Achei bem inteligente separar os fantasiosos numa série só. Seria um tiro no pé proposital? Porque eu acho que ao verem que essas viagens de ácido estragado não vendem nem a pau, acabam com essas palhaçadas de carro tubarão, carro androide deitado, carro cachorro, carro dinossauro...

    Luiz Diecast Freak

    ResponderExcluir
  11. Seria o beleza negra no showroon

    ResponderExcluir
  12. É incrível como certos executivos, que aparentemente não entendem do próprio negócio mas tem dinheiro para gastar, costumam estragar produtos já consagrados. Isso acontece com a indústria do cinema, tv, celulares, carros e agora até com esse fabricante de brinquedos. Já passou da hora deles mudarem ou vão continuar amargando perdas em um mercado que sempre foi lucrativo que o digam os Chineses.

    ResponderExcluir