Coleciona

Destaques:

domingo, 5 de março de 2017

A história da Benbros

O Mauricio Nunes é especialista em encontrar marcas que nunca ouvimos falar, e contar sua história! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Jack e Nathan Benenson fundaram a Benbros como uma junção do nome de família com a abreviação da palavra “brothers”(irmãos), Ben(enson) Bro(ther)s. A empresa foi fundada em 1940 em Walthamstow em Londres e produzia figuras de chumbo. Foi em 1950, entretanto, que os irmãos começaram com miniaturas de automóveis de zamac em várias escalas, mas foi em 1953 que as “TV series” foram lançadas e chamavam-se assim por que as caixas das miniaturas lembravam uma antiga TV dos anos 1950.

A Benbros tinha três tipos de miniaturas a essa altura: modelos de carros e equipamentos agrícolas vendidos com os nomes de “Qualitoys” e “TV series” que vinham em caixas em forma de TV e depois foram renomeados de “Mighty Midget” e “Zebra Toys” que vinham em caixas preto e branco listadas e eram modelos de melhor qualidade. Produziam ainda figuras em metal de: Robin Hood e seu bando, cowboys e índios e soldados.

A Benbros comprou moldes da Timpo Toys e às vezes há dificuldade de identificar de qual das duas empresas originais as miniaturas vieram, pois foram lançadas sob os dois nomes indistintamente.


Muitos dos 23 primeiros modelos da série “TV” da Benbros eram de carruagens e carroças variadas e leiteiras. Em 1956 mudaram de nome e embalagem, para Mighty Midget e até 1958 chegaram a 50 modelos diferentes.

Os modelos da série Mighty Midget não tinham o melhor dos acabamentos ou moldes, na verdade eram toscos, mas a presença de partes extras como: latões de leite, toras, bonecos, peças agrícolas como arados entre outras aumentavam bem o interesse das crianças pelos brinquedos da Benbros. À época a Benbros fazia essas miniaturas em escala de duas polegadas.

Muitos modelos se assemelham bastante aos modelos da Matchbox que era a líder de mercado na época, mas não parecem serem cópias de moldes e sim apenas cópias de modelos. Há diferenças claras nos moldes quando comparados.

As rodas das miniaturas Benbros tanto eram de plástico moldado como de metal pintadas, como era costume à época.

As miniaturas da marca Zebra eram melhor acabadas e já em escala de três polegadas. As caixas tinham ilustrações dos modelos e nome dos mesmos. Os Zebra tinham decalques o que praticamente não acontecia na linha mais barata da Benbros.

Possuíam interior, rodas mais detalhadas e faróis de strass e “vidro” nas cabines em alguns modelos. 

A Benbros também lançou um modelo da carruagem usada na coroação da Rainha Elizabeth II e constantemente esse modelo é confundido com o modelo lançado pela Matchbox, mas, no entanto, o modelo de carruagem da Benbros tem na porta da carruagem um brasão com o monograma da rainha.

Fato curioso é que os cavalos da carruagem maior da Matchbox eram de chumbo e foram fundidos pela Benbros, pois a Lesney tinha medo de contaminar seu estoque de zinco com chumbo.

Além dos Zebras, a Benbros manteve a linha Qualitoys, também de melhor acabamento e sua miniatura mais conhecida é a locomotiva de Stephenson. 

Em 1965 a Benbros fechou suas portas. Se podemos creditar o final da empresa devido à concorrência, provavelmente sim!  

Referências:



Nenhum comentário:

Postar um comentário