Coleciona

Destaques:

domingo, 16 de abril de 2017

As miniaturas da Lego!

O que o Mauricio tem para contar hoje nem todo mundo sabe: a Lego também produziu miniaturas! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Nossos leitores que nos acompanham podem estranhar por que em um site de miniaturas de carros vamos falar de Lego! Isso mesmo, a Lego, terceira maior indústria de brinquedos do mundo em 2015 vendendo blocos de plástico para montagem de inumeráveis cenários.

A Lego começou com blocos de madeira em 1932 e o nome escolhido “Lego” deriva da expressão Dinamarquesa “leg godt” que significa “brinque bem”.

Bem, mas afinal o que tem a Lego em comum com essa coluna? Em 1950 e 1960 a Lego complementava seus sets de montagem de blocos para construção de casas, igrejas, etc. com veículos, primeiro em madeira e plástico e em seguida em metal com plástico, todos sempre com as rodas de metal em escalas 1:50 e 1:87(HO).

Esses complementos foram substituídos pelos veículos LEGOLAND® no início dos anos 70.

Desnecessário dizer que hoje esses complementos Lego custam muito caro devido a raridade dos mesmos.

Os catálogos antigos da Lego de 1955 a 1957 já mostravam os lançamentos que foram feitos nesses anos pela empresa que foi a Cidade Planejada em escala 1:87 (Town Plan 1:87 scale) e continua até hoje, mas só que com tudo em plástico hoje em dia.

Essas miniaturas Lego eram produzidas em metal e plástico (acetado de celulose), somente na Dinamarca e Noruega e enviados a todos outros países para venda. O caminhão da Esso, produzido na Noruega com rodas de bronze é uma raridade dentro das raridades (topo a direita na foto abaixo).

Além de venda nas caixas das cidades planejadas, a Lego vendia suas miniaturas em embalagens distintas.

Caixas de papel imitando os blocos de Lego, ou caixas de plástico, também referenciando os blocos.

Caixas perfeitas de Volkswagen com a fita em volta perfeita podem chegar a 800 Euros de valor a depender da cor do “fusca” dentro.

A partir de 1957, na Dinamarca e Noruega eram vendidos os “fuscas” em caixas de 24 unidades, mas em todos os outros países somente eram ofertadas caixas com 10 modelos dentro cada.

Entre 1961 e 1963, a Lego lançou vários modelos novos de Karmann Ghias, Citroëns, Jaguar Tipo E, Ford Taunus entre outros.

De 1961 a 1967 foram as Kombis que foram vendidas em profusão

Em 1964 foram lançados os caminhões Mercedes Benz.

Em 1970 essa linha foi aposentada e a Lego passou a produzir veículos também para montagem com seus blocos.

Referências:


Um comentário: