Coleciona

Destaques:

domingo, 23 de abril de 2017

Os antigos Tootsie Toys

Certamente uma das mais antigas fabricantes de brinquedo e pequenas peças de metal e uma das mais longevas. A Tootsie Toys iniciou em Chicago e em 1899 tinha o nome de Dowst Brothers Company. Era uma empresa que fazia pequenas peças de metal como abotoaduras, botões de colarinho e fechos em metal para roupas, tudo isso a partir de uma máquina linotipo, que fundia tipos para impressão. Os irmãos Dowst (Charles e Samuel) logo viram que a linotipo poderia fundir outras pequenas peças como: apitos, anéis, pequeninas miniaturas de animais, carros, utensílios e navios, mobiliário de casas de boneca, peões e peças do popular jogo Monopólio, à época.

Em 1904 a empresa passou a ser listada no diretório das empresas de Chicago como de “novidades em metal”.

Em 1911 há o registro da primeira miniatura produzida por eles.

Logo em seguida, em 1915, lançaram os modelos Ford.

Em 1923 a Dowst registrou o nome Tootsie e as miniaturas passaram a ter esse nome.

Em 1929 a companhia já estava bem estabelecida e patenteava suas miniaturas. Na foto da patente se vê o nome de Theodore S. Dowst como inventor e foi uma de suas filhas (ilegítima) Tootsie, que deu nome à linha de miniaturas de mobílias de casas de bonecas e em seguida a toda a linha de miniaturas, inclusive a linha de veículos.

A Tootsie dispunha de farto material de propaganda para seus revendedores.

Em 1933 a Tootsie lançou modelos em parceria com a fábrica de automóveis Grahan-Paige em escala superior (1/43). Os modelos tinham mais detalhes e todos tinham pneu de borracha.

O projeto iniciou com a parceria com a Grahan-Paige, mas logo outros modelos em escala 1/43 estavam deixando as linhas de produção da Tootsie. 

Em 1934 iniciou a produção de vários modelos Ford da época.

Vários modelos conhecidos como pré-guerra de escala menor, ainda existem hoje, mas as escalas variam muito, pois nessa época a Tootsie não tinha definida as escalas de atuação.

No pós-guerra algumas miniaturas de antes da guerra continuavam a serem produzidas e modelos militares estavam em alta por razões óbvias. A confusão de escalas continuava e haviam modelos desde seis até três polegadas.

Entretanto, a verdade é que os modelos evoluíram muito pouco em detalhes, ainda eram muito primários para modelos produzidos na década 1950-1960.

O Ford Thunderbird de 1957 ilustra bem o baixo nível de detalhes da miniatura quando comparadas com miniaturas da concorrência Europeia à época.

Nos anos 60 a Tootsie continuava com modelos ainda toscos, embora melhorados em relação a década passada. A fixação das rodas melhorou e apresentavam alguns detalhes pintados.

Com essa linha de miniaturas a Tootsie não tinha condição de competir com as novas entrantes no mercado americano vindas da Europa.

Enquanto a Tootsie ainda produzia miniaturas sem fundo, sem interior, sem vidro e com pouquíssimos detalhes, sua concorrente inglesa a Matchbox lançava o mesmo Ford Mustang com calotas, mecanismo de direção (botão embaixo da porta), interior e vidros.

Bote uma criança com os dois Mustangs acima na frente e tente convencê-la a ganhar a miniatura da Tootsie de presente!

Foi também na virada para os anos 60 que a Tootsie lançou os Tootsie Midgets que eram miniaturas de escala de duas polegadas. Os modelos mantinham as características dos maiores, apenas fixavam uma escala menor. Modelos sem interior ou vidro ou mesmo fundo, de “design” muito duvidoso. Difícil ver um Pontiac Firebird Trans-Am no modelo laranja abaixo, isso para não falarmos do Porsche 911 sem janela traseira. Parecia que a Tootsie vivia em um mundo à parte, permanecendo na tecnologia dos modelos pré-guerra.

Em 1961 a Tootsie/Dowst for comprada pela divisão de “hobby” da Strombeck-Becker.

A primeira reação às miniaturas europeias de melhor qualidade e acabamento veio tardia nos anos 70 com os Toughs Toys. No entanto as primeiras e segundas séries dos Toughs Toys eram de quatro polegadas e todas de modelos genéricos, com “design” muito estilizados e não tinham vidro o que não agradou tanto. Os Toughs Toys eram vendidos em embalagem em “blister”

Nos anos 80, de 80 até 86 a Tootsie lançou a terceira geração dos Toughs Toys, ainda em quatro polegadas, desta feita eram modelos licenciados, as rodas perderam o horroroso branco, mas continuavam falhando nos detalhes e a ausência de vidro era impensável e era imperdoável que nos anos 80 frente a concorrência europeia e mesmo a interna da Mattel que a Tootsie continuasse a errar na estratégia.

Outra tentativa da Tootsie foi a Hard Body. Essa série, já produzida na China. A Tootsie produzia nessa série peças concorrentes da Matchbox e Mattel, em escala de 3 polegadas e também em escala maior (1:32). As miniaturas maiores eram vendias em caixas e as menores vendidas em embalagem com “blister”.

As miniaturas de três polegadas conseguiram “seu lugar ao sol” e permanecem até hoje sendo produzidas pela nova controladora da Tootsie Toys.

Ainda mais simples e menos detalhados e com o “design” fraco das réplicas os Hard Body eram no total, piores do que a concorrência, mas com certeza mais competitivos que todas as tentativas anteriores de retomada do mercado perdido para a concorrência local e internacional.

A Tootsie foi uma empresa originalmente familiar que teve muito sucesso, mas não conseguiu absorver as mudanças do mercado, tentou permanecer produzindo suas miniaturas de tecnologia pré-guerra e não resistiu à pressão da concorrência. Acabou trocando de mãos mais de uma vez, se reinventando e até hoje, comemorando mais de 130 anos de produção o nome Tootsie Toys permanece vivo e nas prateleiras das lojas. Hoje a marca pertence a J. Lloyd International, Inc e produz miniaturas de construção, corrida, e agricultura entre outras, mantendo o nome da série Hard Body.

Referências:



Nenhum comentário:

Postar um comentário