Escala

Destaques:

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Entrevista: Guillo (mais uma vez!)


Ele foi a maior atração da 3ª Convenção Brasileira de Hot Wheels em Porto Alegre. Sua mesa estava sempre lotada de curiosos se apertando para conseguir ver seus robôs, e mesmo assim ele estava ali distribuindo sorrisos, e visivelmente muito feliz por ter toda esta atenção.

Guillo veio da Venezuela para o Brasil juntamente com seus dois amigos, Richard e Frank, e não esperava que faria tanto sucesso como o que pudemos ver na Convenção. Pra quem ainda não sabe, ele é o cara que transforma Hot Wheels em belos robôs no melhor estilo Transformers, e é só procurar aqui no blog que você vai achar várias de suas obras. O link para sua outra entrevista é este.

Passei um dia todo com ele, e acompanhei de perto este talentosíssimo customizador que faz obras de artes maravilhosas. E agora ele nos concede esta entrevista aonde conta como foi sua viagem para o Brasil e o que achou de todo esse assédio. E também ele mostra o que fez com a DragBus que levou daqui…


Foi uma longa viagem pra você! Qual era a sua expectativa sobre a Convenção?
Quando eu cheguei lá eu não sabia o que esperar. Eu tive alguns maus momentos no aeroporto tentando chegar até o hotel (a língua era uma grande limitação pra mim), mas depois que finalmente nos encontramos com você, tudo ficou mais fácil. Falando especificamente sobre a Convenção, eu não tinha a menor idéia de como seria, eu apenas estava feliz de saber que os meus amigos (Richard e Frank) iriam encontrar coisas que nunca vimos por aqui e eu poderia mostrar o meu trabalho para algumas pessoas além da minha família.


O que você esperava da Convenção e dos colecionadores brasileiros antes de chegar ao Brasil?
Eu preciso ser honesto nessa resposta: eu não vim com nenhuma expectativa em particular. Os meus amigos vieram a viagem inteira me perguntando sobre como as Convenções são organizadas, o que eles iriam encontrar e que tipo de atividades aconteciam nesse tipo de Convenção. Por outro lado eu sabia como as Convenções eram nos EUA mas nunca tinha ido em uma, então eu tentei evitar dizer a eles como esse tipo de evento era organizado para que eu não criasse falsas expectativas neles (nem eu sabia como iria ser).


Você estava esperando um sucesso tão grande com o pessoal daqui? Como é ser uma pessoa famosa agora?
A reação das pessoas às minhas customizações foi extraordinária. Eu jamais esperava que as pessoas se interessassem tanto pelas minhas criações. Eu gostaria de agradecer especialmente ao Arthur e a Giovanna (Gispada) por toda a ajuda que eles nos deram, vocês são o máximo! Sobre ser famoso, eu não acho que eu seja uma pessoa famosa (essa foi a primeira vez que mostrei minhas customizações em público). No entanto eu me sinto muito honrado com a grande reação que as minhas customizações receberam.


O que você e os seus amigos (Richard e Frank) tem a dizer sobre o povo brasileiro?
Meus amigos ficaram chocados com a generosidade e a amizade que as pessoas tiveram com eles. Eles já estão se planejando para a próxima Convenção e me dizendo que da próxima vez vamos nos encontrar no aeroporto (eu estarei morando na Argentina na próxima Convenção).


Há alguma chance de você se mudar para o Brasil ao invés de ir para a Argentina?
Uma das maiores razões para eu me mudar para a Argentina é pela língua (mais por causa da minha esposa e do meu filho). No entanto eu estou considerando a idéia de visitar o Brasil mais frequentemente.


O Phil Riehlmann disse algo sobre o seu trabalho?
Quando eu dei a ele o robô do AAR Cuda para autografar, ele pegou e disse: "O que é isso?…. Oh! Demais!". Eu também perguntei se ele viu alguns robôs que mandei para o Manson e para o Jun do HWC, e ele me disse que eles tem muitas coisas em suas mesas, mas que ele ia dar uma olhada quando voltasse para o escritório da Mattel.


Você tem alguma esperança de que a Mattel te convide para trabalhar lá?
Esse sempre foi o meu sonho desde que eu comecei a colecionar Hot Wheels, no entanto eu acho que é necessário mais do que algumas minis customizadas para se conseguir um emprego na Mattel, e ainda mais que eu sou um designer gráfico, eu acho mais provável que uma companhia diferente (como a Hasbro, que faz os Transformers) se interesse pelas minhas idéias.


Qual foi o melhor momento para você na Convenção ou nesta viagem?
O momento mais incrível foi quando eu vi alguém filmando com seu laptop os meus robôs e dizendo "Guillo fala um "oi" para o meu amigo…". Eu fiquei muito impressionado de que até gente fora da Convenção queria ver os meus robôs. Eu honestamente nunca podia esperar tamanha atenção. E isso tudo eu devo a você meu amigo, eu não posso te agradecer o suficiente por todo o apoio que você tem me dado.


Você pode nos dizer o que fará com as suas minis exclusivas da Convenção?
EU VOU CORTAR TODAS ELAS!!!!!!!… Não, tô brincando. Peguei três conjuntos dos exclusivos, e eu sou um colecionador muito chato de embalagens, e então eu vou deixar dois dos conjuntos em perfeito estado na minha coleção, e um dos conjuntos eu estou planejando fazer alguns robôs para honrar os motivos pelos quais vocês daí me convidaram para a sua Convenção. Eu prometo que eu serei muito cuidadoso ao fazer os meus robôs com eles e espero que vocês gostem deles quando estiverem prontos (o resultado você pode ver abaixo).


Você tem alguma mensagem para as pessoas que te conheceram aqui e que amaram o seu trabalho?
Vocês são demais! Eu levei comigo duas caixas de minis para vender (e para me ajudar a pagar pela viagem), e mesmo tendo dado e vendido uma das caixas, eu a trouxe de volta cheia de novas minis que me foram dadas (considerando que eu comprei apenas 7 Hot Wheels, que eram os dois conjuntos de minis exclusivas e mais um Fastback First Edition). Eu não conseguiria agradecer vocês o suficiente por toda essa atenção especial que eu e meus amigos recebemos de vocês. Nós nunca esqueceremos de vocês!

11 comentários:

  1. Douglas, com certeza o Guillo merecia outra entrevista após essa vinda pro Brasil!

    Guillo querido, foi um enorme prazer conhecer vc e seus trabalho pessoalmente e de quebra o Richard e o Frank!
    Com certeza falo pelo Arthur também quando digo que foi maravilhoso ajudar vocês!

    Espero do fundo do coração que mudar pra Argentina seja muito bom pra você e que a Mattel preste atenção no seu trabalho!

    Amei a Drag Bus... não tem nem palavras!

    Beijos!
    ______

    Guillo it was a pleasure to meet you and your works in person and also meet Richard and Frank!

    For sure I can speak in name of Athur when I say that was amazing to help you.

    I hope with all my heart that moving to Argentina is good for you and that Mattel give attention to your work.

    I love the Drag Bus... have no words to say how amazing it is!

    Kisses from your friend, Gi!

    ResponderExcluir
  2. Sua criatividade se resume nas suas miniaturas!!!
    Excepcional!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ja vou dizer logo de cara, ele acabou de elevar o nivel da Drag Bus da convenção.

    ResponderExcluir
  4. Impressionante!!!!!
    Foi uma honra poder fazer escambo com ele na convenção.....humilde, amigo e extremamente talentoso. Sem palavras!!!
    Em minha humilde opinião mereceria ao menos um olhar mais atento da Mattel. Se ele produz com esta qualidade sem recursos, imagine se tivesse acesso aos recursos de uma grande empresa...
    Parabéns ao Guillo pelo talento e ao Douglas pela oportunidade de conhecermos estas maravilhas
    NandoV8

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. gostaria de saber se ele só usa peças da mini? acho que não, mais é show

    ResponderExcluir
  7. hola ( Guillo aquí) para arrastrar a su autobús utilicéis la cabeza de viejo transformador de la ONU que tenia pasteles El resto del hijo y de arrastre de autobuses Una tallador caliente cañón ruedas , todo lo demas FUE Hecho Con tallado acrílico, clavos y manejar todos estos Articulación Hechos hijo de acrílico tallado

    ResponderExcluir
  8. (guillo here ) dont know what happened with my last comment but it got all messed up with the google translator, either way the drag bus was made with parts of the drag bus and the canyon carver bike from hot wheels, the head came from an old broken transformer I had and the rest are all acrilic carved, nalis and glue (even the articulations were scratch build)

    ResponderExcluir
  9. Olá, os robos são perfeitos, gostaria de saber quanto tempo em media demora pra fazer um e tambem se da pra fechar ele e voltar a ser carro e depois robo denovo, ou ele fica somente na forma de robo?

    ResponderExcluir
  10. (guillo) el tiempo para hacerlo depende del carrito que voy a hacer y de las articulaciones que lleve (puede ser de 8 horas hasta todo un mes)algunos pueden hacerse transformables pero no siempre se veran muy bien en forma de robot, la mayoria solo son robots

    ResponderExcluir
  11. Olá Guillo! Parabéns pelo seu trabalho, sou grande fã de Transformers juntamente com meu filho! Temos acompanhado aqui no T-Hunted sempre, desde as fotos do Bone Shaker. Acho incrivel pois vc corta as minis mantendo a pintura original. As articulações que cada robô tem e a escala que imagino ser um dos obstaculos faz do seu trabalho algo incrível. D+ A Dragbot. Abração, que Jesus o abençoe ainda mais!

    ResponderExcluir