Coleciona

Destaques:

domingo, 28 de maio de 2017

Hot Wheels Revealers & Mystery Cars

O Mauricio Nunes continua sua série de matérias sobre a história do nosso hobbie, e hoje ele conta um pouco sobre uma das séries mais "diferentes" da Hot Wheels! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Em 1993 apareceram os Revealers, que podem ser considerados os predecessores dos Mystery Cars, só que os Revealers vinham com um cupom de prêmio, além de virem “escondidos”. As 12 miniaturas da série tinham mais duas repinturas cada, totalizando 36 modelos Revealers ao total. 

Todos as miniaturas vinham em blisters envoltas em uma cobertura que dissolvia quando colocada em água revelando a miniatura talvez com um cupom azul ou um outro dourado dentro do invólucro que poderiam ser trocados por prêmios. Somente o Jaguar XJ 220 (em suas três versões) não tinha decalques, todas as outras miniaturas tinham muitos decalques e todas elas com rodas ultra hots (UH).

Os cupons azuis davam direito a troca na Mattel por uma caixa de dez miniaturas originais da série Revealers. Todas tinham o nome da série grafado no vidro e cinco miniaturas mantiveram as rodas UH, três com rodas BW (black wall) e duas com rodas WW (white wall). Essa caixa especial de dez miniaturas tinha sete miniaturas diferentes das doze da série e três repetições, mas mesmo as repetições do modelo tinham ainda uma outra pintura diferente (Ferrari Testarossa, Porsche 930 e Lamborghini Diablo). O padrão da série foi mantido e somente uma miniatura vinha sem decalques (Porsche 930).

Miniaturas de grande valor para colecionadores (blue token Revealers) pois tiveram tiragem muito baixa, por serem prêmios e não miniaturas de linha.

O cupom dourado encontrado nas miniaturas da série Revealers dava direito a uma bicicleta decorada com pintura Hot Wheels, e uma miniatura da série Lamborghini Countach dourada.

Todas as miniaturas tinham um selo no verso da cartela que poderia ser trocado por uma casquinha pequena de sorvete nas lojas da Dairy Queen. 

Os Mystery Cars aproveitaram a ideia de virem cobertos, dos Revealers, mas de uma forma diferente, mais simples. Eles começaram em 2005 e eram originalmente um modelo “mail-in” (modelo que você recebe por correio após enviar cartelas de modelos comprados para a Mattel) que não era definido, ou seja, era um mistério o que você iria receber. Entretanto, em 2005 com o aniversário de dez anos dos “Treasure Hunts (TH)” houve uma promoção para um décimo terceiro “TH” em 2005 e ele era obtido por quem conseguisse receber os quatro modelos “Mystery Cars mail in” do ano, que vinham com um cupom cada.

Após enviar esses quatro cupons para a Mattel, seria enviado um modelo “mail in” conseguido de outros quatro modelos “mail in” do décimo terceiro “TH” de 2005. Esse modelo somente seria conseguido dessa forma.

Em 2007 a Hot Wheels mudou o procedimento e tornou os Mystery Cars parte da série de vendas normal ao público, mas dos EUA somente. Os “blisters” eram de um plástico preto opaco e não havia nenhum nome nas embalagens, somente o nome “Mystery”. A Hot Wheels nunca disponibilizou o código de barras dessas embalagens, portanto, nunca foi conhecido o teor das embalagens se essas não fossem abertas.    

Os Mystery Cars de 2007 eram vinte e quatro modelos exclusivos com nove repinturas. Alguns modelos Mystery Cars desse ano tornaram-se muito procurados, como as duas variações de cor do Bugatti Veyron ou a miniatura do Maserati MC12.

Mas na verdade uma grande parte das miniaturas eram voltadas para as crianças como as duas versões do What-4-2 e o Battle Spec.

A série em 2008 teve também vinte e quatro modelos e em 2009 lançou na Mainline, pela primeira vez, dois modelos que tinham saído antes somente em séries especiais: a Ferrari F430 Challenge saiu primeiro na série Ferrari Racer. O modelo Mystery Car vermelho de rodas com detalhes em branco é bem procurado.

O Gangster Grin foi lançado como modelo na série Designers Challenge. Na série Mystery Cars Mainline ele veio com pintura branca e chamas vermelhas.    

Em 2010 a Hot Wheels resolveu colocar um pequeno buraco no cartão de papelão dos “blisters” para tentar melhorar um problema que passou a ocorrer coma as embalagens dos Mystery Cars. Muitas das embalagens eram “vandalizadas” nas lojas pois os compradores queriam escolher qual a miniatura comprar. Após essa tentativa, aparentemente infrutífera, a Hot Wheels cancelou a série Mystery Cars e 2010 foi o último ano de modelos nessa série.

Em 2011 a Hot Wheels passou a vender modelos nas lojas Walmart de uma série denominada Mystery Models que vinham em uma embalagem diferente, um pacote opaco com uma foto de uma das miniaturas da série.

Pode-se dizer que esses Mystery Models sucederam aos Mystery Cars, mas só são ofertados nas lojas Walmart e até o ano de 2017 ainda existem dessa forma.

Um comentário:

  1. Há um tempo atrás, eu assisti videos no YT de um colecionador dissolvendo vários Revealers, até que tinha modelos bacanas, e decorações, err, interessantes, mas a idéia era ruim na prática, pelo menos se executar a idéia de dissolver o bloco, provocando uma certa oxidação mais cedo, principalmente dos eixos. Dentre outros presentes aqui na postagem, eu queria a volta da Maserati MC12, muito mais que a da Bugatti Veyron.

    ResponderExcluir