Coleciona

Destaques:

domingo, 23 de outubro de 2016

A história da Autoart

Você nem precisa saber muito sobre miniaturas pra saber que a Autoart é sinônimo de perfeição. Mas você sabia que além das escalas maiores ela também tem vários produtos em uma escala menor? Conheça melhor a história da marca com o nosso amigo Mauricio Nunes! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Diferentemente da maior parte dos fabricantes de miniatura que tem uma história de vida longa, com mais de 50 anos de vida, a Autoart é relativamente nova e foi fundada em 1998. Hoje a AA Collection Ltd está baseada em Hong Kong mas inicialmente era parte do grupo Gateway Global Ltd baseado em Costa Mesa na California.

A AA começou com a linha Gateway, a Gate e a UT Models (Unique Toys Models), sendo essa última uma empresa Alemã baseada na China sócia da Paul’s Model Art GmbH produtora dos modelos Minichamps.

A Autoart produz modelos para a Biante australiana em sua fábrica da China havendo modelos iguais com as duas marcas.

Embora não seja o maior produtor em escala mundial de modelos 1:18, a Autoart é reconhecida por colecionadores em todo o mundo como a produtora dos melhores modelos do mundo nessa escala.

A riqueza de detalhes e quantidade de peças móveis, em escala e de metal é impressionante. Detalhes internos de motor, interior e suspensão (móvel) estão em praticamente todos os modelos da linha 1:18.

A única falha no modelo da Lotus 99T abaixo, não é culpa da Autoart, mas da legislação que impede a colocação da marca dos cigarros Camel, que patrocinavam a escuderia na data específica.

Em outras escalas a Autoart mantêm o altíssimo nível de qualidade dos modelos carros chefes de sua linha.

Dentro da linha de modelos 1:43 tradicional, mais simples, a Autoart ainda tem os modelos especiais 1:43 da linha Signature.

Além das miniaturas de automóveis a Autoart tem também modelos em metal de aviões e carros para autorama.

As escalas maiores sempre foram o foco de vendas da empresa e os modelos 1:64 ficaram esquecidos. Em 2007 a Autoart resolveu investir mais uma vez na escala 1:64 e produziu várias outras miniaturas inéditas. São dessa época os modelos: Ford Mustang GT 2005, Ford Shelby Concept, Subaru Impreza WRC e o icônico Bugatti EB 16.4 Veyron em três cores entre outros.

 

Dentro da linha 1:64, todos os modelos vêm em caixa de plástico com cobertura transparente envolta em caixa de papelão com janela vazada, com base de plástico preto e nome do modelo gravado.

Por razões contratuais de distribuição regional a Autoart utiliza os mesmos modelos com o nome do fabricante Gateway Global (nome da “holding” dona da marca) para venda em alguns países.

Embora nos modelos 1:64 não hajam partes móveis, todos os detalhes são pintados, os faróis são pintados ou são de lentes e as rodas são sempre modelo original do fabricante. Pneus em borracha termoplástica. A qualidade é inigualável mesmo nessa escala menor e isso implica em preço na parte superior da escala de preços de miniaturas desse tamanho.

Para nós colecionadores dessa escala fica a frustração de modelos excelentes, mas com pouca diversidade e devido ao foco da empresa ser nas escalas maiores, não devemos ter muita esperança de vermos nada novo nessa escala. Vamos aproveitar o que já foi feito!

Referências:


Nenhum comentário:

Postar um comentário