Coleciona

Destaques:

domingo, 8 de janeiro de 2017

A história da Oxford

As festas de fim de ano já passaram e já estamos de volta contando um pouco mais sobre as histórias das várias marcas de miniaturas que existem pelo mundo. Hoje é a vez da Oxford, e o Maurício Nunes pesquisou tudo sobre ela! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby. Encontre os carros da Oxford no nosso parceiro Automobilli.

A Oxford foi fundada em 1993 na antiga fábrica da Corgi em Swansea, País de Gales. Após a Corgi ter vendido sua linha de 3 polegadas para a Mattel, esta mudou seus escritórios de Swansea para Leicester e sua produção foi levada para a China. Desta forma as instalações da antiga Corgi ficaram vagas e foram compradas pela Oxford. A recém fundada Oxford se instalou no País de Gales e produziu por lá até mudar suas instalações produtivas para Hong Kong, aproveitando o menor custo de produção na Ásia.

A Oxford é muito regionalizada e não produz miniaturas de 3 polegadas. Sua escala mais próxima é a de 1:76.

A Oxford também produz modelos em várias outras escalas: 1:18 (carros e motos), 1:24, 1:32 (máquinas e figuras), 1:43, 1:50, 1:72 (aviões), 1:87, 1:148 (ônibus), 1:1200 (navios).

Um outro negócio importante da Oxford são os trens. Ela trabalha com modelos em escala 1:76 e 1:148. Locomotivas e vagões cobrindo 100 anos de trens. Tem modelos de 1910 até 2010.


A Oxford trabalha com caixas de papelão com visor, base plástica e cobertura transparente, simples ou conjuntos de miniaturas.

Por ser um fabricante bem regionalizado de miniaturas, a profusão de marcas “locais” (britânicas) é muito grande. Existem muitos modelos diferentes, marcas que ainda existem, marcas que desapareceram com o tempo e marcas absorvidas por outras gigantes mundiais da indústria automotiva.
Como se pode bem notar pelas rodas, não traga sua miniatura Oxford para as pistas, elas são itens colecionáveis e não brinquedos. Nada de eixos finos de menor atrito e rodas de perfil de baixo contato com a superfície. As rodas são simples, com eixos mais grossos, feitos para exposição e não brincadeiras em pistas de corrida. 

As séries, como são chamadas, são sempre de carros britânicos. Bentleys, Land Rovers, Jaguars & MG’s aparecem em grande volume no plantel de miniaturas da Oxford, somente para citarmos alguns.

A Oxford também fabrica miniaturas de caminhões, ônibus e máquinas, mais uma vez, o foco principal é nos britânicos. Como a escala é 1:76 real, carros e caminhões mantém suas proporções.

Algumas miniaturas são difíceis de serem encontradas em outras escalas como os minicarros que invadiram o Reino Unido após a Segunda Guerra ou mesmo um Mini Cooper com mais 1000 cc.
Parece que ultimamente as empresas redescobriram os trailers como vimos ultimamente nos lançamentos de trailers pela Maisto e Greenlight. Alguns trailers também aparecem na linha da Oxford para satisfazer os aficionados.

A Oxford tem uma bela série de veículos da Ford, sejam de serviço ou passeio. A destacar o icônico Ford Escort XR3i, modelo que também foi fabricado por aqui exatamente igual ao que rodou no Brasil. Outro destaque seria o Ford Popular, conhecido como “Ford Pop”. O “Pop” substituiu os antigos Ford Anglia e Ford Prefect e como seu nome denotava, era o carro mais barato vendido na Grã-Bretanha em 1953, ano de seu início de produção. O “Pop” custava menos de 400 Libras Esterlinas, incluindo-se as taxas.

Para os amantes de transportadoras de veículos a Oxford tem uma espetacular onde carrega uma dúzia de Mini Coopers ao mesmo tempo.

A grande loja de brinquedos londrina Hamleys vende modelos Oxford feitos sob encomenda. Taxis e ônibus londrinos são uma boa recordação da cidade para colecionadores!

Com bom nível de detalhes e trabalhando em várias escalas, a Oxford é uma opção a mesmice de “muscle cars” que transbordam nas linhas de venda de outros fabricantes. Mas para isso, você vai ter que gostar de modelos britânicos, principalmente logo após a guerra. É verdade que para veículos de passeio a variação da escala 1:76 para as tradicionais três polegadas é grande, mas se caminhões e máquinas forem o seu foco colecionável, a diferença de escala não é tão aparente e um Oxford e um outro de três polegadas/1:64 podem conviver lado a lado na estante sem problema.

Referencias:

Um comentário: