Coleciona

Destaques:

domingo, 12 de junho de 2016

Matchbox Rolamatics

Os “Rolamatics” não são exatamente uma série separada, mas sim modelos que saíram nos anos “Superfast” ente os anos de 1973 e 1982 e se caracterizavam por terem partes que se mexiam quando a miniatura era empurrada para se mover. A ideia era que quando a criança empurrasse a miniatura alguma parte se moveria, tornando a brincadeira mais atraente. 

A ideia é simples, trata-se de se ter uma roda dentada ou alavanca dentro da miniatura que moviam a parte que se queria que tivesse movimento. Essa roda dentada/alavanca era acionada por um pino colocado em uma ou duas das rodas da miniatura. Em cada revolução completa da roda o pino da roda da mini se encaixava no pino da roda dentada e movimentava uma alavanca e assim acionando o dispositivo móvel da miniatura.

Todos esses veículos tecnicamente não são “Superfast”, pois em suas bases vem o nome “Rolamatics” e não “Superfast”. Para quem gosta de colecionar séries, se for levado em conta o nome na base, os “Rolamatics” poderiam ser considerados então, uma série que saiu ao longo de vários anos.

Como não é considerada pelo fabricante como uma série separada, mas sim modelos lançados em diferentes anos, vamos analisá-los por ano de lançamento.

1973: Seis miniaturas “Rolamatics” foram lançadas esse ano.

Piston Popper”. É um “Ford Mustang” com um motor fora de escala em plástico transparente onde 4 pistões vermelhos se movimentam para cima e para baixo dentro de cilindros transparentes de plástico. Nesse modelo as rodas que movimentam o mecanismo dos pistões são as da frente.

A regra geral era que: se a parte móvel ficava na traseira a(s) roda(s) acionadora(s) também ficavam e o mesmo para frente. Para os modelos com parte móvel na capota, a(s) roda(s) acionadora(s) era(m) a(s) traseira(s).

Clipper”. Modelo de criação dos estúdios Lesney, onde os canos do escape traseiros se movimentam verticalmente em um rasgo da carroceria.

Esse modelo aberto dá uma ideia da simplicidade do mecanismo de movimento.

Beach Hopper”. Um “buggy” de praia genérico, onde o motorista se move para cima e para baixo como se estivesse quicando no banco.

Wild Life Truck”. Picape Ford (sem licença) que o leão na carroceria percorre um círculo dentro do compartimento transparente.

Esse modelo teve como base o aproveitamento do “Superfast Kennel Truck”, onde a base de metal foi usada no zamac e a caçamba adaptada para receber o círculo giratório com o leão de plástico em vez dos quatro cães. A cobertura das caçambas é a mesma. 

Turbo Fury”. Modelo criado pela Lesney em que os ventiladores na traseira da miniatura giram.

Hot Rocker”. O motor descomunal desse “Ford Capri” se move, subindo e descendo.

Aqui vale um comentário que esse modelo “Rolamatic” foi aproveitado de um modelo já lançado na linha “Superfast”, o “Ford Capri” de onde se tirou o motor normal e o capô. 

1974: Três modelos “Rolamatics” lançados nesse ano.

Badger”. Caminhão fantasia, mas de grande apelo vendável, onde o radar na capota do veículo gira.

Stoat”. Modelo militar de um veículo blindado genérico onde um soldado com binóculos em uma escotilha gira 360º “olhando” o ambiente.

 “Weasel”. Veículo militar genérico, onde a torre com o canhão se move de um lado para outro em aproximadamente 30º de abertura. Não confundir com o homônimo “ Studebaker M28/M29 Weasel”, veículo real da 2ª grande guerra (M-29 Weasel em Camp Mabry Museum (49th Armored Division- Texas), 18 de Julho de 2004. Foto: Cortesia de Bob Pettit).

1975: Duas miniaturas “Rolamatic” nesse ano apenas.

Police Patrol”. Range Rover onde o interno do “giroflex” gira dentro do plástico transparente. Esse modelo saiu com várias pinturas e decorações: 10 polícias, 2 ambulâncias, 2 ambulâncias militares, 2 xerifes, 3 seguranças do rali Paris-Dacar e 1 de engenharia.

Fandango”. Veículo genérico dos estúdios Lesney onde uma roda em forma de ventilador na parte traseira da miniatura gira. Provavelmente o nome da miniatura vem de ventilador, “fan” em inglês.

1976: Apenas um “Rolamatic” nesse ano.

S.P. Gun” (self-propelled gun). Tanque genérico onde o canhão se move para frente e para trás.

1981: Um modelo “Rolamatic” lançado pela Lesney 

Maxi Taxi”. Repintura do “Hot Rocker” rebatizado com outro nome. 

1982: Último modelo “Rolamatic” lançado pela Lesney.

Piston Popper”. Repintura do modelo lançado em 1973, conservando o mesmo nome.


Embora não empregando a tecnologia “Rolamatic” a Lesney tem dois modelos das “Rodas Regulares” e um “Superfast” que ao serem empurrados suas partes móveis se movimentam.

Roda Regular - “Class Combine Harvester” – mecanismo simples onde a roda ceifadora gira ao se empurrar o modelo. Uma abertura na base da ceifadora permite que esta encoste na superfície e gire.

Superfast – “Combine Harvester” – modelo genérico, em que o mesmo mecanismo da “Class Combine Harvester” aciona a roda ceifadora. Esse modelo sobreviveu na linha Matchbox até o ano Mattel de 2000.

Roda Regular – “Foden Concrete Truck” – modelo de 1968. Não há registro conhecido, mas pode ter sido um teste que acabou definindo os “Rolamatics”. A roda dentada amarela, que toca no chão/solo, aciona um sem fim que aciona a roda dentada da betoneira fazendo-a girar enquanto a miniatura é empurrada.

Infelizmente, com a necessidade de mudança das Rodas Regulares para “Superfast”, o modelo de 1971 não tinha como continuar com esse intrincado mecanismo de acionamento da betoneira com as rodas “Transitional”. 

A tecnologia “Rolamatic” da Lesney foi patenteada e não há notícia de outro fabricante de miniaturas que tenha usado algo semelhante nessa escala. 

Foi com miniaturas diferenciadas como essas e com grande apelo às crianças que a Matchbox/Lesney se reinventou e resistiu nos anos 70 até a crise derradeira de 1982. 


Referências:

Lesney’s Matchbox Toys – The Superfast Years, 1969 – 1982 – Charlie Mack – Schiffer Editions–ISBN: 978-0-7643-3321-7

11 comentários:

  1. Essa série de matérias sobre a Matchbox está me dando uma nostalgia e saudades da minha perdida coleção (já comentei em outro post o que aconteceu com ela). Então lendo esta agora identifiquei 3 carrinhos que tive e achava o máximo eles terem partes que se mexiam. São eles: Fandango, Turbo Fury e Clipper. Pena que eu era muito criança e não dava tanta importância assim pra minha coleção, mas vou fazer diferente com meu filho. Ele vai herdar a minha de HW e já comecei uma exclusiva para ele. Espero que ele goste.
    Excelente post, Douglas. Um bom fim de domingo para vc e sua família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado você! Bom fim de semana pra você e pra sua família também!

      Excluir
  2. Minha miniatura Matchbox preferida dos Superfast sempre foi o Badger! O primeiro que tive foi o vermelho depois mais tarde veio o militar. Sempre achei uma grande ideia os "Rolamatics" e foi isso que me levou a escrever sobre eles!
    Abs a todos!
    Maurício Nunes

    ResponderExcluir
  3. Muito boa matéria.informações muito legais, afinal as minis dessa época tinham um por que....tinha "motivo", ao contrário da maioria de hoje, infelizmente. Tenho sorte de ter os exemplares que mais gosto é em ótimo estado.

    ResponderExcluir
  4. Ainda tenho um "Hot Rocker" azul metálico todo detonado, mas o motor já foi arrancado dele há muito tempo. Meus filhos ainda curtem essa miniatura semidestruída, pois ela corre bem ao ser empurrada, sem contar que ainda conta com aquele molejo, característico das boas minis MB do época.
    Eu seria capaz de pagar muito bem hoje pela versão táxi do "Hot Rocker".
    Saúdo essa excelente matéria, mais uma vez.

    ResponderExcluir
  5. No início da década de 80 eu ganhei de um amigo do meu avô (que viajava muito para o exterior) uma picape com um leão que girava na caçamba e uma capota de plástico transparente. Era muito parecida com essa Ford “Wild Life Truck”, mas não tenho certeza se era a mesma minuatura.

    Esses artigos estão muito bons!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Alex. Essa miniatura saiu também na cor branca com uma faixa preta em pintura de listras de zebra em 1981. Agora se era Matchbox a sua miniatura ela é o Wild Life Truck! essa foi a única com um leão que girava.

      Excluir
  6. Ótima matéria. Uma coisa a se notar é que apesar da época, as minis ainda vinham com essas "engenhocas", enquanto as minis da Mattel nem farol "mal pintado" ta vindo...

    ResponderExcluir
  7. Posso afirmar que tive todos e destrui a maioria, os sobreviventes estão em mal estado, ou razoavel (os militares), tenho ainda o fandango, clipper, turbo fury, weasel, stoat, badger, SP gun, Combine Harvester e o ford capri com o motor arracado...
    Excelente materia!

    ResponderExcluir
  8. LEGAL ADORO OS LESNEY!! FAÇA MAIS MATERIAS SOBRE ELES. PARABENS!!A PROPOSITO TENHO TODOS DESTA MATERIA, MENOS O CAMINHAO DE 68 COM SEM FIM! ABS

    ResponderExcluir
  9. LEGAL ADORO OS LESNEY!! FAÇA MAIS MATERIAS SOBRE ELES. PARABENS!!A PROPOSITO TENHO TODOS DESTA MATERIA, MENOS O CAMINHAO DE 68 COM SEM FIM! ABS

    ResponderExcluir