Escala

Destaques:

domingo, 26 de agosto de 2018

Matchbox Lesney Superfast – Raros – parte 2/2

Como você tem acompanhado desde a semana passada, os "Superfast" tem muitas variações raras, e hoje o Mauricio nos mostra mais alguns ítens especiais! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Vamos nessa segunda parte do artigo dar seguimento aos modelos “Superfast” da era “Lesney” considerados raros.

Iron Fairy Crane – apesar de manterem a base do modelo com roda regular (regular wheels) onde o ano mostra 1969 como o ano de lançamento, esse modelo com as rodas “Superfast” só apareceu na coleção de 1971 em 15 variações catalogadas. A variação mais cara é do modelo vermelho com a lança do guindaste amarela. Há também um modelo laranja avermelhado com essa mesma lança, mas o modelo em vermelho é o mais procurado. Todas as outras variações são em vários tons de laranja avermelhado do claro ao médio e ao escuro no corpo do modelo, mas todos com a lança em um amarelo limão esverdeado. 

Tyre Fryer – modelo fantasia em escala 1:52 lançado pela primeira vez na coleção de 1972. O modelo mais raro é de 1977 na cor laranja e promocional da “Jaffa Mobile”, como outros já mostrados (Soopa Coopa e Vantastic). No mesmo ano de 1977 houve modelo normal de coleção, também em laranja, mas sem o decalque promocional.
Todos os outros modelos de 1972, 1974 e 1976 foram azuis com interior amarelo, mas com variações de tonalidade nas duas cores e são bastante comuns qualquer dos modelos azuis.

Refrigerator Truck – Esse caminhão refrigerador da GMC saiu pela primeira vez com rodas “Superfast” em 1970 na escala 1:94. O modelo considerado mais raro foi parte da coleção de 1970 com cabine amarela e carroceria turquesa.
Ainda em 1970 houve variações com cabine vermelha e container turquesa e a mais comum de todas a cabine amarela com câmara refrigeradora vermelha. Em 1971, segundo e último ano do modelo em linha ele saiu somente na versão mais comum em amarelo(cabine) com vermelho (refrigerador). Ao total foram identificadas 7 variações desse caminhão GMC.

Ford Group 6 – modelo é de 1970 em escala 1:56. O modelo mais raro é da coleção do primeiro ano (1970) e é na cor verde escuro NÃO metálico com o decalque número 7 em preto em um fundo redondo branco. Ainda dentro da coleção do primeiro ano tem modelo no mesmo verde escuro sem número, verde escuro metálico ou verde claro metálico, com o decalque do número 7 em fundo quadrado ou o número 45, também com fundo quadrado. Algumas variações com decalque “Burmah” na lateral. A coleção de 1971 apresenta modelo em verde limão com os mesmos decalques. Em 1973, 1975 e 1979 aparecem os modelos em vermelho cereja ou roxo metálico com o #45 em fundo quadrado. 
O modelo com vidros pretos opacos sem interior em vermelho escuro não metálico com o número #18 em azul faz parte da série Super GT (GT BR 19/20) modelo não mais da era “Lesney” e sim dos anos “Universais” (1982 – 1992) (artigo sobre modelos Super GT nesse blog no dia 22/05/2016).

BMW 3.0 CSL – modelo em escala 1:62 lançado na coleção de 1976. O modelo mais raro de todos é vermelho sem decalques, com vidros verdes e interior amarelo claro e foi parte da coleção de 1982, único ano onde as quatro variações identificadas foram na cor vermelha. Duas variações têm decalques no capo (“BMW”) e duas não. A terceira variação identificada é muito semelhante ao modelo considerado mais raro, mas tem as janelas em verde claro. 
As variações mais comuns são as laranja com vidro verde claro, interior amarelo e decalque no capo presentes nas coleções de 1976 a 1978. Além dos modelos em laranja e em vermelho há também modelos em branco em 1977 com decalques “BMW / S. MANHALTER” ou branco, limpo sem decalques. Há uma variação em branco e verde da Polícia com “123” no capo dos anos de 1977 e 1978 e com sirene em âmbar. Em 1977 somente, parte da produção desse modelo da polícia foi feita com a sirene azul e parte não tinha nenhuma sirene. Os modelos de Polícia com sirene azul são medianamente raros. Ao total foram 40 variações catalogadas do “BMW 3.0 CSL”.

Mercedes Benz 300 SE – Essa Mercedes tem escala 1:66 e apareceu na coleção de 1970 pela primeira vez, no entanto o modelo mais raro é o do último ano em que esse modelo apareceu, que foi em 1981. Esse modelo mais raro é em cinza prateado e o porta malas não abre e tem rodas “dot-dash 9,5 x 4 mm” com calotas prateadas. No mesmo ano há uma variação mais comum que apenas apresenta de diferente as rodas “5 arch 11 x 3,5 mm” e calotas pretas. 
Em 1970 os modelos foram azuis metálicos em dois tons (escuro e médio) e dourados também em dois tons (escuro e claro). A principal diferença dos modelos dos primeiros anos para os dos últimos anos eram as portas e o porta malas que abriam no início e que passaram a não abrir depois. Em 1970 os porta malas abriam nos modelos azuis e dourados, mas parte dos modelos em dourado abriam as portas e parte já não mais as abriam, apenas os porta malas eram móveis. Em 1971, os modelos repetiram parte da produção dourada de 1970 onde somente o porta malas abria. Em 1978 o modelo da coleção era em verde oliva militar já sem nenhuma parte móvel e com o decalque “STAFF” nas portas. Ao total foram catalogadas 13 variações desse modelo.

Sambron Jacklift – modelo estreou na coleção de 1977 em escala 1:64. O modelo mais procurado é o de 1981 todo em amarelo com o decalque vermelho “SAMBRON” na porta e rodas “5 arch 15 x 4 mm”. 
Esse modelo teve 25 variações catalogadas sendo que somente uma em amarelo alaranjado, todas as outras 24 variações são em amarelo. O modelo saiu nas coleções de 1977 até 1982 sem interrupções. Há catalogadas variações em amarelo alaranjado tanto no braço quanto no garfo da empilhadeira, mas a maior parte dos modelos têm os dois em amarelo. Em 1980 todos os modelos tinham o garfo preto e braço amarelo. Em 1982 os modelos saíram com o braço em preto, mas o garfo saiu em três cores: amarelo, amarelo alaranjado ou preto. 

Pi-Eyed Piper – modelo único de 1972 em escala 1:64. Esse modelo fantasia tem 15 variações catalogadas e parece ter sido criado sobre um “Dodge Charger” e apresentava um motor descomunal na frente e 4 escapamentos laterais também grandes de cada lado. O motor da variação mais rara do modelo foi trocado pelo motor dos modelos “Big Banger” e “Cosmic Blues” e o modelo foi pintado de vermelho e colocado um decalque “Big Banger”.
Os outros modelos menos raros são todos em azul escuro metálico, algumas variações com o tom puxado para o roxo, mas o motor é diferente sem a entrada de ar única central e sim com 8 tubos verticais.
No ano de 1997, já sob controle da “Mattel” o modelo foi relançado em uma série chamada de “Retro 70’s” (anos 70 retrô), parte da “Premiere Collectibles”, na mesma cor azul escuro e com o mesmo decalque na capota. Para diferenciar do modelo antigo em volta das janelas foram pintados frisos prateados no modelo de 1997. 

Chop Suey – Uma moto fantasia estilo “chopper” lançada nas coleções de 1973 e 1974 somente, em escala 1:50. O modelo mais raro tem o guidom prateado e foi parte da produção do primeiro ano do modelo em coleção (1973).

As outras variações de 1973 são todas na mesma cor magenta metálico do corpo da moto, mas apresentam guidons ou vermelho ou laranja. As variações de 1974 mantêm a cor do corpo na maior parte (há uma variação roxa) e os guidons são pretos ou vermelhos em tons médios ou escuros. 
Ao total foram identificadas 7 variações do “Chop Suey”. 

Crane Truck – um modelo fantasia em escala 1:31 que foi lançado na coleção de 1976. O modelo mais raro é o do segundo ano em coleção (1977), onde o corpo do modelo o guindaste e o gancho são vermelhos os vidros verde-escuros e somente a lança retrátil é amarela.
Os modelos mais comuns são os todos em amarelos de vidro verde escuro com o guincho vermelho da coleção do primeiro ano (1976). Em 1977 todos os modelos foram vermelhos com vidro verde escuro. Em 1980, voltou a cor a ser amarela para o modelo, mas a lança foi preta ou preta com amarelo e nesse ano há uma variação com janelas em vidro verde claro, outra variação com vidros vermelhos e variações com vidro roxo. O último ano do modelo foi em 1982, onde a cabine e o guindaste eram de cor amarela, com vidros verdes escuros ou azuis e a lança sempre preta e o guincho mantiveram vermelha, só que em 1982 apareceram decalques no modelo “A-1 CRANE e SAFETY FIRST”. Esse modelo tem 43 variações catalogadas.

Ford Zodiac MK IV – O Zodiac Mark IV é em escala 1:66 e apareceu em duas coleções somente (1970 e 1971). O modelo considerado mais difícil de ser encontrado é o em azul claro metálico com interior em cor marfim de 1970. Nesse mesmo ano há também uma variação em azul médio metálico, mas não é considerado raro como a variação em azul claro metálico. Completam a coleção de 1970, modelos nas cores: verde claro metálico, verde médio metálico, verde escuro metálico e verde esmeralda escuro. 
A coleção de 1971 saiu nas mesmas 4 cores verdes do ano anterior além de na cor limão em tons médio e claro. Foram catalogadas 23 variações do “Ford Zodiac MK IV”.

Wreck Truck – esse é um modelo Ford de um caminhão guincho lançado na coleção de 1978. O modelo mais raro é parte da coleção do ano de lançamento (1978) em vermelho, com vidros âmbar, braço do guincho verde com detalhes em zig-zag e ganchos vermelhos.
Os braços dos guinchos desse modelo podem ter no corpo do mesmo, detalhes em forma de uma treliça em zig-zag ou em círculos, como se fossem a estrutura de metal vazada do braço.

Completam a coleção do primeiro ano, modelos em vermelho com o braço do guincho em vermelho ou branco. A coleção seguinte é a de 1981 onde os modelos são amarelos em vários tons e os braços podem ser brancos, verdes ou vermelhos. No último ano do modelo na linha regular a cor foi vermelha com braços do guincho em vermelho ou branco e com decalque na cabine “RADIO DISPATCHES / 24 HOUR”. Em todos os anos do modelo em linha regular há variações com os ganchos pretos ou vermelhos.

Fora da linha regular, houve em 2006 produção exclusiva desse modelo em duas cores (vermelho e ouro) para o décimo encontro do “MCCD” um grupo alemão de colecionadores de modelos “Matchbox”. 
Ao total foram 72 variações desse Ford guincho.

Peterbilt Wreck Truck – modelo saiu unicamente no ano de 1982 em escala 1:80. O modelo mais raro é azul escuro sem variações e o mais comum é alaranjado e algumas das 13 variações em tonalidade das janelas, variando de transparente, passando por âmbar claro a escuro e o decalque da porta pode ser todo preto ou preto com fundo branco formando assim as 14 variações ao total do “Peterbilt Wreck Truck” catalogadas. 

M.G. 1100 – esse MG tem escala 1:57 e tem 7 variações catalogadas, sendo que a variação mais procurada é de um modelo verde como o modelo de “roda regular” (regular wheels) de 1966. As outras 5 variações são em azul metálico, variando de claro a médio e terminando em escuro. Há dois modelos em verde, mais procurados e as variações são sutis, no tamanho das rodas, sendo uma “5 spoke 10 x 2 mm” e outra “5 spoke 11 x 2 mm”.  Os modelos em azul são os mais comuns.

Slingshot Dragster – lançado na coleção de 1971 esse “Dragster” não licenciado é criação dos desenhistas da “Matchbox” em escala 1:68. O modelo mais raro é em laranja claro da coleção de 1973. Essa coleção de 1973 ainda apresenta variações em laranja mais escuro e em azul metálico.
Os modelos mais comuns são os cor de rosa de 1971 e azuis metálicos de 1973, 1974 e 1975. Ao total são 16 variações catalogadas do modelo.

Saab Sonnett III – modelo apareceu pela primeira vez na coleção de 1973 na escala 1:53. O modelo mais raro saiu no “Special MultiPack MP-1” de 1979 e foi a única cor do modelo nesse ano, em branco. 
Nos anos de 1973 e 1974 o modelo foi sempre azul metálico em tom médio ou escuro e esses modelos azuis são considerados mais comuns. Todos os modelos sempre com vidros âmbar, interior amarelo e tampa do porta malas azul claro, inclusive o modelo mais raro de 1979 mantém essas cores, apenas a carroceria mudou de azul metálico para branco. São catalogadas 16 variações do “Saab Sonnett III”. 

Volkswagen 1600 TL – o modelo saiu com rodas “Superfast” em 1969 em três cores: vermelho, cor de uva metálico e roxo metálico claro.
Mas o modelo mais raro de todos foi o vermelho de 1969, pintado como o modelo de rodas regulares (regular wheels) de 1968.
Depois do primeiro ano em coleção com rodas “Superfast” esse modelo ainda saiu nos três outros anos seguintes (1970, 1971 e 1972) sempre em tons metálicos de roxo claro a cor de rosa em vários matizes. As rodas do modelo nos três primeiros anos foi a “transitional” “5 spoke 10 x 2 mm” e no último ano em coleção (1972) as rodas já foram as tradicionais “Superfast” “5 spoke 10 x 4 mm”, mais largas. Ao total foram catalogadas 12 variações do “VW TL 1600”.

Dodge Dragster – esse é um “Dodge Charger Dragster”, em escala de 1:64 que apareceu pela primeira vez na coleção de 1971. Entretanto, o modelo considerado mais raro foi parte da produção do último ano de lançamento em 1975 onde ele saiu em uma cor rosa escuro com o decalque “Castrol” no capô e sem decalques nas laterais. 

O mais comum é o modelo cor de rosa escuro com decalques de uma cobra nas duas laterais e esse modelo mais comum saiu nos três anos do modelo em coleções (1971, 1974 e 1975). Em 1971 há variações sem nenhum decalque. Os modelos cor de rosa de 1974 e 1975 tem variações de tonalidade do rosa em claro e escuro. Em 1974 os modelos permanecem cor de rosa, mas os decalques mudam para: “RAT ROD” ou “WILD CAT” ou ainda “chamas com uma estrela branca”. 
No ano de 1997, já sob controle da “Mattel” o modelo foi relançado em uma série chamada de “Retro 70’s” (anos 70 retrô), parte da “Premiere Collectibles”, no mesmo tom rosa e com o mesmo decalque mais comum das cobras nas laterais e com a base preta.
Esse modelo “retro” é muito parecido com um modelo de 1975, que também tem a cobra em tom mais escuro e base preta e para diferenciar dos modelos antigos as janelas foram pintadas com um friso prata em volta no modelo de 1997.

Wreck Truck – esse modelo de caminhão Ford em escala 1:78 apareceu com rodas “Superfast” na primeira vez em 1970, apesar do ano na base ser de 1968. Provavelmente a base do caminhão foi aproveitada do modelo com rodas regulares (regular wheels) daí o ano de 1968 na base, já que o modelo com rodas regulares foi da coleção de 1969.

O modelo considerado mais raro é o de parte da coleção de 1981 em azul marinho com janelas e sirene verdes, guincho preto e rodas totalmente pretas. Completam a coleção do último ano do modelo (1981) um outro modelo azul escuro igual ao mais raro, só que com as calotas em prata e já não é considerado raro por essa diferença. Há ainda um modelo em verde oliva, porem sem nenhum decalque. 
Os modelos de 1970 são todos em vermelho e branco com decalques da “Esso” e com o gancho variando entre vermelho em tom médio ou normal ou em amarelo. As variações de 1979 são de um “Twin Pack - TP016B Military Wreck & Alvis Stalward” na cor verde oliva, mas com o decalque “3LGS64” nas laterais. Foram identificadas 21 variações desse caminhão Ford nos 3 anos de produção do modelo com rodas “Superfast”.

Daimler Bus – o “Daimler Fleetline Bus” vem em escala 1:121 e saiu nas coleções de 1970 a 1972 sem interrupções. O modelo mais raro é o vermelho com o decalque “Inn on the Park” e é parte da coleção do último ano (1972) em linha do modelo.
Em todos os 3 anos o modelo vermelho com o decalque “Esso – Esso Extra Petrol – Esso” foi produzido e por isso é o modelo mais comum de todos. No último ano de produção do modelo (1972) além do modelo mais comum e do mais raro ainda houve outras variações com decalques diferentes: “SWINGING LONDON”; “THE BARON OF BEEF”; “THE MINIATURE VEHICLE / N.A.M.C.”; “I.C.P. INTERCHEMICALS & PLASTICS”; “FLY CYPRUS AIRWAYS / LONDON FRANKFURT ATHENS NICOSIA” e “BORREGAARD PAPIER / BORREGAARD PAPER”.

São identificadas 18 variações do “Daimler Fleetline Bus”.

Toe Joe – modelo lançado em 1972 em escala 1:66. Das 81 variações catalogadas há 3 variações consideradas mais raras. Como abaixo. 
O modelo mais comum é o verde com braço do guincho verde, gancho vermelho, interior amarelo alaranjado e vidros âmbar. 
Um modelo onde se pode combinar gancho, braço e carroceria com cores diferentes existe uma infinidade de variações possíveis. Além das cores verde e vermelho e suas variações de tonalidade, ainda há modelos em amarelo forte e amarelo limão em 1976, 1978, 1980 e 1982. Todos os modelos do último ano (1982) são amarelos ou fortes ou limão com os decalques “HITCH HIKER”. O modelo saiu de 1972 a 1982 somente nos anos pares. 

Glider Transporter – modelo em escala 1:45 lançado na coleção de 1977 nos “Twin Packs” (pacotes gêmeos em tradução literal), um pacote com dois modelos diferentes e afins. O modelo mais raro é o único da coleção de 1979 e é a única variação em vermelho desse reboque.
Os modelos mais comuns são amarelos com ou sem decalques (Gliding Club) e saiu nas coleções de 1977 e 1981. As variações de 1977 com ou sem decalque a de 1981 é só sem decalque. Os modelos de 1982 são também comuns e são em verde metálico com ou sem o decalque nas laterais, os modelos de 1984, idem quanto aos decalques, igualmente fáceis de se achar, mas a cor passou a ser verde escuro não metálico. São 21 variações ao total desse reboque e em todas elas o planador desmontável é sempre branco.

Esse artigo não tem a pretensão de esgotar o assunto e pode ter deixado de fora alguma coisa inadvertidamente. É certo que esse artigo não inclui nenhum modelo dos chamados Inbrima, feitos no Brasil nos moldes “Lesney”, uma vez que não há bibliografia confiável sobre o assunto e esses por si só já são modelos difíceis de serem achados. As vezes os Inbrima têm cores e decoração muito diferentes e as vezes são exatamente iguais. Somente pela base raspada e adesivo ou chapa plástica se consegue identificar a diferença, como no “Monteverdi Hai” abaixo.
Com essa segunda parte terminamos o artigo dos modelos “Lesney Superfast” considerados mais raros. Foram 23 modelos na primeira parte do artigo e 22 modelos na segunda parte do artigo. São ao total 45 modelos raros e caros e o objetivo desse artigo foi ajudar ao leitor/colecionador a verificar quantos modelos raros ele tem em coleção. 

Referências:
The Encyclopedia of Matchbox Toys 1947 – 2001 - Revised 4th Edition – Charlie Mack – Schiffer Publishing Ltd, copyright 1997, 1999, 2002 e 2013 – ISBN: 978-0-7643-4560-9 – páginas 66 a 69.
The Big Book of Superfast Matchbox Toys 1969 - 2004 – Volume 2: Product Lines & Indexes – Charlie Mack – Schiffer Publishing Ltd, copyright 2005 – ISBN: 0-7643-2322-9 – páginas 171 a 174
http://www.cfalkensteiner.com/Matchbox/Catalog/LS/LS01-39/LS05b/LS05b-17a.jpg
http://www.cfalkensteiner.com/Matchbox/Catalog/LS/LS01-39/LS08a/LS08a-01bxF.jpg
http://areh.de/
https://www.ebay.co.uk/itm/131646659421?clk_rvr_id=1592458492868&rmvSB=true
https://www.mbxforum.com/ME-Catalog/jnmMCmenuManNumberE.php
http://www.cfalkensteiner.com/Matchbox/Catalog/LS/LS01-39/LS03b/LS03b-02a-02b.jpg
http://www.cfalkensteiner.com/Matchbox/Catalog/LS/LS01-39/LS03b/LS03b-bpl.jpg



Um comentário: