Escala

Destaques:

domingo, 12 de agosto de 2018

Matchbox Regular Wheels - Raros

Acompanhe o Mauricio em uma grande viagem por alguns dos mais raros e valiosos Matchbox de todos os tempos! Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Nesse artigo usaremos, mais uma vez as referências confiáveis de “Christian Falkensteiner” e “Charlie Mack” para mostrar as variações de modelos “Matchbox” dos anos regulares (1947 a 1969) tidos como raros, por terem tido menor tiragem. Pode ser uma cor diferente, ou um decalque distinto, ou ainda uma tiragem com uma roda de outra cor, algum detalhe que o tornou raro. Nossas referências principais são “Christian Falkensteiner”, que mantém um “site” que é referência para qualquer colecionador “Matchbox” e “Charlie Mack” que mantém em Connecticut, EUA o museu “Matchbox & Lesney Toy Museum”, um espaço com 10 salas e cerca de 37.700 modelos. Ele é também autor de diversos livros sobre o assunto.

Dodge Stake Truck – o modelo em escala 1:86 com carroceria de plástico verde escuro (modelos de 1967 e 1969) é o comum e o modelo com carroceria verde azulado de 1966 é considerado raro. São 3 as variações catalogadas desse modelo.

London Bus – Esse modelo “AEC Routemaster” tem escala 1:150 e saiu com alguns decalques distintos. Os mais comuns são: “BP visco-static BP”, “PLAYERS PLEASE e “DRINK PEARDRAX”, esse último também era um dos decalques do “Lesney MB 073 – (AEC) London Trolley Bus. Todas as variações de ônibus da mesma cor vermelho, produzidos entre 1961 e 1964, mas as mais raras com o decalque “The Baron of Beef” foram produzidas nos anos 1961 com rodas cinza e 1964 com rodas pretas somente. São 17 variações catalogadas desse modelo.

Quarry Truck – a raridade desse modelo de caminhão “Euclid” que saiu de 1959 a 1962 está na cor das rodas. A maior parte dos modelos tem rodas pretas, apenas uma pequena parte saiu com rodas cinza. Parte da produção nos anos de 1959 e 1960 somente, foram de modelos com rodas cinza. Modelo em escala 1:108. São 10 as variações catalogadas desse modelo.

Ford Mustang Fastback – esse modelo em escala 1:65 saiu de 1966 a 1969, sempre em branco de 66 a 68. No ano de 1969 parte da produção saiu na cor laranja escuro avermelhado e parte foi o tradicional branco. No ano de 1970 essa mesma cor laranja escura avermelhada foi usada nesse mesmo modelo, mas já agora com rodas Superfast. Há 21 variações catalogadas desse “Mustang”.

Road Tanker – são consideradas cinco variações de cores distintas para esse caminhão ERF escala 1:125: verde (a mais rara de 1955); amarelo (1955); limão (1956); vermelho (1957) e vermelho escuro puxado para castanho (1957). Esse ERF tem ao total 11 variações no catálogo.

O tom de verde comum em 1955 é o abaixo, sendo o verde mais escuro bem raro. 
SAFARI LAND ROVER – modelo bem popular, em escala 1:72, lançado em 1965 em verde, depois foi pulado na coleção de 1966, mas voltou em 1967, 1968 e 1969 em azul em dois tons claro e médio. Em 1970 saiu em prata e em ouro. Os modelos de 1970 em cores ouro e prata são considerados os mais raros de todos. O Safari Land Rover apresenta 15 variações catalogadas.

A cor ouro foi depois usada em 1970 também para o modelo com rodas Superfast.

Dodge Wreck Truck – esse modelo de guincho da “Dodge D700” saiu pela primeira vez na coleção de 1965 e depois seguiu em: 1966, 1968, 1969 e 1970. Os modelos raros são parte da produção do primeiro ano (1965) e depois os modelos do último ano (1970). A grande maioria da tiragem desses modelos é do caminhão guincho com cabine amarela ou limão e com a carroceria verde. No entanto os modelos raros saíram com essa combinação de cores invertidas. A escala do “Dodge Wreck Truck” é de 1:85. São ao total 25 variações desse modelo no catálogo.

Atlantic Prime Mover - também conhecido como “Rotinoff Super Atlantic Tractor”, esse modelo em escala 1:138, foi considerado raro quando apresenta rodas cinza. O “Rotinoff” foi produzido em 1959, 1961 e 1963. Parte da produção de 1959 foi com rodas cinza. O modelo tem 7 variações em catálogo.

Bedford Removal Van – esse modelo de caminhão de mudanças em escala 1:150, foi lançado na coleção de 1955 e seguiu sendo produzido até a coleção de 1958 sem interrupção. Os modelos de 1955 nas cores marrom avermelhado e azul são os mais raros. Nos outros anos o modelo produzido foi sempre o na cor verde. Esse modelo apresenta em catálogo 15 variações.

Field Car – esse foi um modelo em escala 1:64 lançado no ano de 1969 e depois saiu mais uma vez em 1970 nessa configuração. O modelo mais raro é o com miolo das rodas em verde, de 1969 e o modelo mais comum tem o miolo da roda vermelho (1969 e 1970). São 5 as variações desse modelo em catálogo.

1958 Vauxhall Cresta – esse modelo tem escala 1:74 e foi bem popular e saiu em várias cores durante os anos de 1958 a 1964 ininterruptamente. O modelo tido como o mais raro é o modelo verde mar em baixo e cinza claro com leve tom de rosa na parte superior de 1960. Além dessa cor mais rara ainda tivemos esse modelo nas cores: rosa claro; creme; rosa claro e verde mar; bronze metálico e verde mar e cinza e lilás. O “Vauxhall Cresta” tem catalogadas 27 variações.

Berkeley Cavalier Trailer – esse trailer com escala de 1:80 iniciou na linha no ano de 1957 nas cores azul bem claro e limão. Em 1958 o segundo ano do modelo na linha ele saiu nas cores limão e cinza metálico, esse último considerado um modelo raro. Esse “trailer” apresenta 11 variações.

Bluebird Dauphine Trailer – esse outro trailer escala 1:80 saiu de 1961 a 1964 com incontáveis variações, tanto na cor limão como no roxo acinzentado claro. Alguns modelos de 1961 foram lançados com uma roda cinza um pouco menor e esses são os modelos mais procurados. O “Bluebird Dauphine” tem catalogadas 34 variações.

Petrol Tanker – esse modelo “Bedford” com escala 1:85 saiu nos anos de 1964 e 1965 somente. Parte da produção nos dois anos teve rodas cinza e esses são os modelos mais raros. 

No último ano de produção (1965) parte da produção foi de um modelo de cabine e carroceria azul da “ARAL”, mas mantendo o tanque branco e todos com rodas pretas.
O caminhão tanque “Bedford” tem em catálogo 8 variações. 

Foden Concrete Truck – essa betoneira com escala 1:98 foi produzida de 1961 a 1965 ininterruptamente e parte da produção de 1961 tinha o misturador cinza em vez de laranja. Foram 24 variações desse modelo apuradas em catálogo até o momento.

Bedford Lowloader – essa carreta “Bedford” tem uma escala bem pequena (1:150) e saiu no ano de 1956 nas cores: azul com azul escuro; azul com marrom e verde com marrom. Os modelos em azul com azul são tidos como os mais raros. No ano seguinte (1957) saiu somente em verde com marrom. Esse pequeno “Bedford” teve 12 variações em catálogo.

Cadillac Sixty Special – produzido de 1960 a 1965, esse modelo tem escala 1:80 e tem como modelo mais raro os que saíram em parte da produção do primeiro ano de lançamento (1960) nas cores verde metálico na carroceria e branco na capota com os vidros claros. Há também variações com a carroceria cinza prateada e capota creme. O modelo mais comum saiu em todos os anos de produção nas cores roxo claro na carroceria com capota rosa pálido e vidros verdes.
O icônico “Cadillac Sixty” tem 17 variações em catálogo.

Magirus Deutz 6 Wheel Crane – modelo em escala 1:128, lançado em 1961 e produzido ininterruptamente até 1965. O modelo considerado raro é o de 1961 com o corpo em bege claro e o guincho laranja ou vermelho. O modelo em cor prata é o mais comum tendo saído nos 5 anos do modelo na linha. O “Magirus Deutz” tem catalogadas 34 variações.

Lincoln Continental – modelo em escala 1:74 lançado no ano de 1964 na cor azul metálica clara. Foi relançado em 1966, na mesma, mas em tons de azul médio e escuro. No ano de 1967 foi lançada na cor verde água e a cor mais rara (dourado) é de 1970.
O “Lincoln Continental” apresenta 6 variações catalogadas. 

Opel Diplomat – modelo em escala 1:71 lançado em 1961 nas cores azul claro e ouro. Relançado nos anos: 1968 e 1969 somente na cor ouro. O modelo mais raro é o de parte da produção de 1961 em azul claro. São 13 variações do “Opel Diplomat” identificadas em catálogo.

D Type Jaguar – modelo em escala 1:70 lançado em 1960 no tradicional verde britânico de corrida e com rodas cinza. Essas configurações se mantiveram em: 1961, 1963 e 1964. Em 1964 foi mantida a cor verde, mas parte da produção teve rodas raiadas de metal. As rodas vermelhas com pneus pretos de plástico foram lançadas no modelo mais raro em 1965, que, entretanto, manteve a cor original da carroceria em verde.

Esse modelo tem 23 variações em catálogo.

Ford GT – modelo lançado na coleção de 1965 em escala 1:61 na cor branca com rodas de plástico amarelo ou vermelho ou ainda com rodas raiadas de metal, com interior vermelho e pneus pretos. O modelo com as rodas vermelhas é o considerado mais raro de todos. O modelo voltou nas coleções de 1968 e 1969, mas sempre na combinação mais comum: branco com rodas amarelas e interior vermelho.

O Ford GT apresenta em catálogo um total de 14 variações.

Hillman Minx – modelo (escala 1:64) que estreou na coleção de 1958 onde parte da produção do ano foi na cor verde tida como a mais rara. A outra parte da produção de 58 mais parte da produção de 59 foi na cor azul acinzentado com capota branca. A outra parte de 59 e os modelos de 60 foram na cor turquesa com capota creme. O “Minx” tem catalogadas 17 variações.

Morris Minor 1000 – modelo saiu em dois anos consecutivos: 1958 e 1959 na escala 1:72. O modelo mais raro é de parte da produção do primeiro ano de lançamento (1958) onde foi produzido em um bege bem pálido. Nesse mesmo ano houve mais dois modelos, um verde escuro e um verde azulado escuro. Os modelos de 1959 foram todos azuis.   
São 17 variações de modelo do “Morris Minor 1000”.

Pickfords Removal Van – esse caminhão “Guy” em escala 1:112 saiu durante vários anos, começando por 1960, 1961 e 1962 (parte dos modelos) na cor azul. De 1962 a 1964 o modelo saiu na cor verde. Em 1964 o modelo apareceu também em marrom claro com o decalque da loja de departamento “Beales Bealesons”. Esse caminhão “Guy” tem 27 variações em catálogo.
Esse modelo bege é bem raro, mas foi um modelo promocional feito para essa loja de departamentos e não um modelo de linha normal.

Commer Pick-up MK VIII – modelo em escala 1:64 cujo lançamento foi em 1958 na cor bege claro. Em 1959 e 1961 o modelo permaneceu bege, mas desta feita em um tom médio. Em 1963 o modelo voltou, mas dessa vez em duas cores. Vermelho em baixo e a capota em três cores distintas: cinza claro, creme ou a mais rara, com capota branca. Um modelo com muitas variações em catálogo. A “Commer Pick-up Mk VIII” tem ao total 47 variações identificadas até o momento.

Aston Martin – esse modelo DB 2-4 foi produzido para três coleções, a de 1958 a de 1959 e a de 1962. Em 1958 houve parte da produção em um modelo na cor prata e o restante dos modelos de 1958 e 59 foram em verde claro metálico. Em 1962 a cor do modelo mudou para vermelho metálico, alguns com rodas cinza outros com rodas pretas. Há uma parte desses modelos de rodas cinza que foi pintado de vermelho não metálico e esses são os mais raros.  
Em catálogo há 19 variações do “Aston Martin DB 2-4”.

Ford Fairlane Police Car – modelo em escala 1:80, produzido de 1963 a 1966 sem interrupções. 
No primeiro ano de produção (1963) houve uma variação do modelo em cor azul mais escuro, tanto com rodas pretas como com rodas cinzas. Uma dessa variações de rodas pretas tem também as lanternas traseiras pintadas de vermelho e é considerada a mais rara delas. Foram identificadas 18 variações do modelo de polícia do “Ford Fairlane”.

London Trolley Bus – esse é um modelo de ônibus elétrico AEC em escala 1:137 lançado no ano de 1958 e produzido também nos anos de 1959, 1960 e 1962. Alguns modelos de 1958 saíram com rodas metálicas sem pintura e com os contatos elétricos do teto em preto e são esses os mais raros dentre as variações desse “Trolley Bus”. Ainda nessa tiragem de 1958 houve modelos também com rodas de plástico cinza e os mesmos contatos elétricos do teto em preto. Em todos os outros anos de produção do modelo os contatos elétricos do teto acompanharam a pintura do ônibus elétrico em vermelho. 
No último ano de produção do modelo (1962), alguns modelos saíram com decalques diferentes do “Drink Peardrax” e foram os decalques: “Players Please” e “BP Visco-Static BP”, os mesmos usados no “London Bus (AEC Routemaster)”. Há registro de 28 variações do ônibus elétrico AEC.

Land Rover Fire Engine – também conhecido como “Land Rover Fire Truck” esse modelo em escala 1:77 saiu pela primeira vez no ano de 1966 e seguiu na linha até 1969 sem interrupções. Uma pequena parte da produção do primeiro ano (1966) saiu com rodas cinza e são considerados os mais raros. A variação do tom da cor do modelo de 1969 é em vermelho mais forte, que todos os outros modelos dos outros anos, mas não é considerado raro. O “Land Rover” dos Bombeiros tem 19 variações catalogadas.

Mercury Cougar – modelo em escala 1:66 das coleções de 1968 e 1969 somente. Parte da produção de 1968 foi na cor creme e parte com interior marfim e parte com o interior vermelho igual ao modelo verde claro metálico que completou a produção do primeiro ano e seguiu no segundo ano do modelo em linha. Houve uma variação de tom mais brilhante do verde metálico em 1969, mas não é considerado uma raridade. O modelo mais raro é o creme com interior marfim. São 9 as variações identificadas para o “Mercury Cougar”.

Volkswagen 1600 TL – modelo em escala 1:61 que saiu nas coleções de 1967 até 1969 ininterruptamente. Todas as variações dos dois primeiros anos (68 e 69) de produção foram vermelhas e sem maior valor. A variação rara é de parte da produção de 1969 que saiu roxa cor de uva. 
O VW TL 1600 tem em catálogo um total de 14 variações identificadas até o momento. 
Essa mesma cor foi aproveitada depois para o modelo Superfast de 1970 com roda “transicional”.

Mobile Refreshment Canteen – um “trailer” em escala 1:80, longevo na linha, pois foi lançado em 1959 e permaneceu em linha sem interrupções até 1965. De 1960 a 1965 o modelo saiu na cor prata. No primeiro ano da série, entretanto, foram produzidas 3 variações de cor: branco, creme e rosa pálido. O modelo considerado mais raro é o de 1969 na cor branca.
Esse “trailer” apresenta ao total 32 variações em catálogo.

Ferrari Berlinetta – essa “Ferrari 250 GTL Berlinetta” tem escala 1:62 lançada em 1965 e depois reapareceu em linha no ano de 1969. Parte das produções dos dois anos em que foi produzida essa Ferrari foram de modelos vermelhos, os considerados mais raros. O modelo vermelho de 1965 tem rodas raiadas de arame e os de 1969 tem rodas com a calota redonda cromada. Esses modelos vermelhos com calota redonda cromada são os considerados mais raros. A maior parte das produções desses dois anos foi de modelos verdes com ambos os tipos de roda (raiada e com calota).
A “Ferrari 250 GTL Berlinetta” tem em catálogo 22 variações identificadas. 
vermelha foi depois aproveitada para o modelo “Superfast” de 1970.

Esses modelos considerados mais raros, são sempre aqueles com menor tiragem. Nos primeiros anos da Matchbox era muito comum um modelo sair 4 ou 5 vezes exatamente igual aí em um desses anos eles faziam uma tiragem com outra cor ou outro decalque. As vezes até a caixa dos modelos se mantinha a mesma por mais de um ano. Imaginemos que muitos anos depois fica impossível posicionar em qual dos 4 ou 5 anos o modelo acabou saindo e fato é que, hipoteticamente, se a tiragem fosse de 25 mil carros por ano, em quatro anos teríamos 100 mil modelos “nas ruas” enquanto o modelo diferente, de um ano específico teria a tiragem de 25 mil apenas. Além disso, vimos que era comum apenas parte da produção ser diferente o que diminuiria ainda mais a quantidade de modelos lançados com aquela diferença. Raridade é meramente estatística. Menos modelos lançados menos modelos disponíveis anos depois. 

Mesmo as fotos dos modelos raros do livro referência apresentam alguns modelos desgastados, isso por que realmente é difícil, conseguir hoje modelos de baixa tiragem em bom estado de conservação. 

As variações dos modelos citados são sempre muitas, como vimos há modelo com até 47 variações e quando o artigo cita o número de variações “em catálogo” estamos nos referindo a referência #2. 

Esse artigo não esgota o assunto, mas é baseado em 3 referências fidedignas, embora nada impeça que ainda se venha a descobrir modelos raros, pois os arquivos recuperados da “Matchbox” não são tão completos assim e pode haver por aí um modelo com uma roda diferente, ou um tom mais claro ou escuro de pintura, enfim, uma diferença qualquer que o coloque nesse rol de miniaturas raras.

Agora você leitor/colecionador, tem alguns desses modelos raros na sua coleção? Caso tenha cuidado se for vende-los, procure se informar dos preços pois essas raridades tem preços bem “salgados”.

Referência:
1- The Encyclopedia of Matchbox Toys 1947 – 2001 - Revised 4th Edition – Charlie Mack – Schiffer Publishing Ltd, copyright 1997, 1999, 2002 e 2013 – ISBN: 978-0-7643-4560-9 – páginas 24 e 25.
2- http://www.cfalkensteiner.com/Matchbox/Catalog/LR/ChFLRIndex.htm
3- https://www.mbxforum.com/ME-Catalog/jnmMCDB31PDetails.php



2 comentários:

  1. Safari Land Rover e Ferrari Berlinetta (que já apareceu por aqui nas fotos dos leitores) felizmente encontrei por ai e hoje fazem parte da coleção. Duas belas miniaturas!

    ResponderExcluir
  2. Bem... esses são raros mesmo... não lembro de ter visto, ao vivo, nenhum deles, nem mesmo as versões ditas mais comuns.

    ResponderExcluir