Coleciona

Destaques:

domingo, 4 de setembro de 2016

A história da Johnny Lightning

Hoje o Mauricio Nunes nos conta a história de uma das marcas mais legais de miniaturas, e você finalmente vai entender tudo sobre suas fantásticas miniaturas. Clique aqui e veja todas as postagens do Mauricio sobre a história do nosso hobby.

Muito centrada nos EUA, a Johnny Lightning (JL), inicialmente pertencia a Topper Toys e em 1969 lançou suas primeiras 11 miniaturas e pistas assim como a Mattel. A Topper Johnny Lightning sempre anunciava que suas miniaturas eram as mais rápidas do gênero, e na verdade, o truque era conseguido com uma abertura no fundo das miniaturas perto do eixo frontal onde uma pequena alavanca na pista podia “catapultar” a miniatura mais rápido. 

Abaixo as alavancas que puxavam as miniaturas para cima acelerando-as:

Em 1970 a JL inovou de novo e lançou 31 novos modelos, quase todos modelos fantasia, onde 7 dos novos modelos eram os carros “a jato” (jet powered cars).

Esses carros continham um reservatório interno onde um sistema proprietário podia pressurizar ar dentro da miniatura e quando ela era liberada esse ar funcionava como um jato e impulsionava o carro pista acima, dando grande velocidade a miniatura.

Foi o sistema “power compressor”, inventado por seu dono, Henry Orenstein, que, utilizado pela Topper Johnny Lightning fazia suas miniaturas serem mais rápidas do que somente as impulsionadas pela gravidade, como acontecia nas pistas da Mattel e Superfast Lesney.

Por conta desses auxílios a movimentação das minis, a Topper JL sempre teve pistas muito elaboradas e complexas, baseado nesses sistemas de impulsão adicional à miniatura.

A Topper Johnny Lightning foi uma grande rival para a Mattel, onde ambas brigavam para vender pistas e as miniaturas eram, inicialmente, acessórios para as pistas, tanto que ambas não se preocupavam em fazer modelos reais, que implicariam em pagamento de “royalties”. Ambas trabalhavam com modelos de criação própria, geralmente com desenho extravagante, mas que corressem com bom desempenho em suas respectivas pistas.

Miniaturas da Topper Johnny Lightning para uso nos sistemas de propulsão próprio:

Em 1970 a JL patrocinou 5 carros da equipe Parnelli Jones na fórmula Indy americana, incluído o carro de Al Unser. 

Essa se mostrou uma estratégia vencedora, pois após as vitórias de Unser a JL começou a vender mais miniaturas e chegou a tomar 1/3 do mercado da Mattel na época.

A Topper encerrou as atividades em 1971 em um complicado processo de fraude fiscal e a produção de miniaturas JL cessou.

De 1994 até junho de 2004 a JL estava sob o controle da Playing Mantis de Thomas Lowe. Inicialmente foi difícil essa “volta ao mercado” da JL. Depois de várias tentativas, Thomas Lowe conseguiu os direitos dos carros dos desenhos de TV “Speed Racer” e a partir daí as vendas do “Mach 5”, “Corredor X” e sua trupe catapultaram as vendas.

Lowe buscou e conseguiu várias outras licenças de filmes e TV e pode-se dizer que foram os pioneiros em avançar fundo nos “carros temáticos”. Aqui temos apenas alguns exemplos:

A JL fez várias miniaturas de desenhos como: “Corrida Maluca”, “Speedy Buggy”, “Simpsons”, “Scooby-Doo” e “Os Flintstones”, só para citar alguns. Fez também miniaturas de filmes nas séries “Hollywood on Wheels”: James Bond, Perdidos no Espaço, Agente 86, Se Meu Fusca Falasse, “Dragnet”, “Supercar”, Os Gatões, “Austin Powers”, De Volta Para o Futuro, “Buffy” a Caçadora de Vampiros, entre tantos.

Em junho de 2004 a JL foi adquirida pela RC2 Corp que já era dona da Racing Champions e continuou a produção de modelos de todos os tipos.

Em 2011 a Tomy, do Japão comprou a JL da RC2 Corp. Por quase dois anos as miniaturas Johnny Lightning continuaram a ser vendidas com o símbolo da Tomy no canto superior direito das embalagens.

As vendas continuavam com modelos de todos os tipos:

A série “Lightning Brigade” da Segunda Grande Guerra é excepcional e não tem nenhuma concorrência em três polegadas de outros fabricantes:

Os carros de passeio sempre foram o forte da Johnny Lightning e há para todos os gostos: americanos, europeus, japoneses, “muscle cars”, conversíveis, antigos ou modernos.

Entretanto, após quase dois anos de controle pelo braço da Tomica nos EUA, em 2013 a JL Tomy encerrou a fabricação de miniaturas de 3 polegadas. 

No início de 2016 o mesmo Thomas Lowe agora na Round2 LLC relançou a JL juntamente com a Racing Champions ambas pertencentes a mesma holding Round2 LLC que já era a dona da Auto-World.

Inicialmente a JL controlada pela Round2 LLC está somente relançando modelos antigos em novas pinturas uma vez que o acervo de moldes da empresa é de mais de 1000 modelos diferentes.

Entretanto, segundo seus fabricantes, novas miniaturas virão e assim esperamos todos os fãs da Johnny Lightning que sempre foi uma empresa não muito grande, mas com modelos únicos de ótimo acabamento e preço competitivo na faixa de atuação que se propõe.

Referências:

8 comentários:

  1. Os Johnny Lightning são muito bons... Tenho alguns modelos e desses poucos me decepcionaram. Minha listra de procurados é grande. Tomara que haja uma maior e melhor distribuição. Valeu Douglas pela matéria. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Possuo muitos JL, dragsters, militares, sotck cars e tb muitos de filmes e series, lançados nos anos 90. a HW lançou somente agora entre 2010 e 2015 lançou similares.

    ResponderExcluir
  3. Os colecionadores que não conhecem podem garimpar, pois elas são, como disse, fantásticas. Abraços e parabéns pelas matérias.

    ResponderExcluir
  4. Minha marca favorita,as minis são fantásticas...q volte com toda força e p ficar,e q venha p Brasil cada vez mais!!!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Tenho algumas minis legais, mais a minha preferida é uma Old Vista Cruise da JL, adoro aquela mini, mais que Ecto 1, GL...
    A JL realmente é ótima, uma pena não ser tão fáceis de achar.

    ResponderExcluir
  7. São perfeitas mesmo, os muscles, vws, e picapes são perfeitos. Meus favoritos são os mavericks, toyota land cruiser, pontiacs GTO, e vws, tenho poucos ou quase nenhum temático. Gostava da serie classic gold, que tinha umas caixas de acrilico junto, e das séries da coca cola. Aliás, sendo JL, acho que todas são legais!

    ResponderExcluir