Escala

Destaques:

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Entrevista: Carlos Caminha


O Carlos tem 31 anos e mora em João Pessoa. É fã de muscle cars (como vários de nós) e de hot rods. Até aí, normal. Mas o que chama atenção, é que o album de fotos dele no fórum do Clube Hot Wheels Brasil, é um dos mais vistos e mais comentados.


E isso tem um motivo: ele coleciona belas miniaturas e belos dioramas (cenários realistas em miniatura). A combinação destes dois fatores resulta em fotos de dar água na boca de qualquer colecionador.


Leia a entrevista e veja as fotos!


Vendo suas fotos dá pra ver que você tem uma adoração por muscle cars e hot rods. É esse o seu tema, ou tem mais algum outro?

Sim, esse é o meu tema principal. Eu sou fã de carros em geral, entretanto, quando se fala em coleção, o mais sensato é tentar definir um tema principal para não estourar o orçamento e também para diminuir aquela sensação de estar sentido falta de algum modelo. Escolhi os muscle cars e hot rods pois sou apaixonado por esses estilos. Para mim, os carros da década de 60 e 70 tem designs incríveis. Além dos muscle cars e hot rods, coleciono alguns VWs, Audis (apenas da Kyosho) e Porsche (AutoArt, Kyosho e MiniChamps). Dessa linha "secundária", tenho cerca de 60 minis.



Dá pra ver também que você é fã do Boyd Coddington e da West Coast Customs. Você tem algumas minis relacionadas a estes customizadores de carros reais?

Eu sempre gostei de assistir os programas da Discovery Channel com customização de carros. Assistia muito o Rides, o OverHaulin' e o American Hot Rod. Admiro muito o trabalho do Chip Foose, mas as minis com os trabalhos dele não são 1/64 real. Gosto de alguns trabalhos do pessoal da West Cost Customs, mas os mais clássicos; não gosto de tunning ou Dub Style (como aquelas Hummers dos rappers norte americanos). O Boyd Coddington era meio "rabugento", mas era um dos melhores customizadores/construtores do mundo. Eu consegui comprar o set que a Hot Wheels produziu em 1996 com os carros do Boyd (Cadzilla, Chezoom, Vern Luce Cupe e Smoosther). A partir daí surgiu a idéia de encomendar um diorama para expô-los. Além disso, foi uma espécie de tributo ao seu trabalho.



Quantas miniaturas você tem hoje? De quais marcas?

Em escala 1:64, na minha última contagem eu estava chegando nas 1.000 unidades. Tenho diversas marcas, entre elas Hot Wheels, Johnny Lightning, Greenlight, Kyosho, MiniChamps, Racing Champions, Revell, Norev, AutoArt... Ultimamente tenho dado mais destaque para as minis da Greenlight, acho-as fantásticas.



Quando você começou a colecionar, e por que?

Comecei a colecionar em 1994, com 15 anos, na escala 1:18. Meu primeiro modelo foi um BMW 750i da Maisto. Cheguei a ter umas 90 miniaturas na escala 1:18. Adorava todo tipo de carro e quando vi aquela mini maravilhosa no shopping, passei dias babando até conseguir ganhar de presente dos meus pais. Naquela época, como não tinha renda, meus pais me davam uma "forcinha" comprando as minis para mim. Desisti dessa escala, pois ocupavam muito espaço e as secretárias domésticas geralmente pegavam nas miniaturas e iam limpá-las e terminavam quebrando-as. Na escala 1:64, eu comecei em 2002 com quatro minis da Hot Wheels e não parei mais.



Os dioramas são parte do seu hobby também? Quem é que faz eles pra você?

Sim, os dioramas fazem parte do meu hobby. Quem produz é o amigo e grande artista Ricardo Faria de Belo Horizonte - Minas Gerais. Geralmente eu chego com uma idéia e vou passando para ele, ai vamos nos falando e ele constroi os dioramas. Acho simplesmente fantástico o trabalho dele. Um dos últimos que encomendei (diorama Sunset Boulevard) até grama crescendo entre as placas do piso da quadra de basquete ele colocou. O trabalho dele é sensacional e eu simplesmente não sei dizer o que mais gosto. Entre os preferidos estão o diorama Boyd Coddington Garage, Sunset Boulevard e um 1:18 todo customizado com fotos minhas e da minha esposa.



Você tem alguma miniatura favorita? Alguma mais rara?

Minha coleção não é baseada em raridades. Tudo que eu compro é porque gosto e está dentro do meu tema. Preferi trocar quantidade por qualidade. Ao invés de comprar 10 minis da mainline, prefiro investir em uma da linha 100% Hot Wheels. Não que eu não compre mainlines, gosto muito de algumas, mas eu não sou de fechar séries ou comprar tudo que aparece. As minhas favoritas são as do set do Boyd Coddington e as minis que minha esposa me presenteia. No meu último aniversário ela comprou duas séries completas de minis da Greenlight, fiquei muito contente.



Como é colecionar aí no nordeste? É fácil encontrar miniaturas aí em João Pessoa, ou você tem que recorrer à internet?

Aqui em João Pessoa não temos o sortimento nem lojas especializadas como em São Paulo. Os Hot Wheels são encontrados basicamente em grandes lojas, mas apenas as minis da mainline. Na RiHappy não tem séries especiais como as Larry's Garage. Em Recife (120 km daqui) ainda se encontra algumas séries especiais e até alguns boxes como o Classics, por exemplo. Minha coleção é adquirida basicamente na internet, principalmente no eBay e secundariamente em fornecedores que conheci através do Mercado Livre.



Como você vê o tratamento da Mattel e de outros fabricantes com os colecionadores brasileiros? Tem melhorado a distribuição de modelos por aí?

Está mudando, mas ainda tem muito a ser feito. Os produtos chegam com um preço alto e muitas vezes demoram a chegar. Vejo o aumento de fabricantes como algo interessante para nós consumidores. Entretanto, acho que faltam distribuidores de outros fabricantes no Brasil. Por conta da falta desses distribuidores, tenho que recorrer à internet e ultimamente, tenho sido muito taxado pela Receita Federal, o que é muitas vezes um desestímulo ao colecionismo.



Tem algum clube de colecionadores por aí? E encontros?

Não. Conheço algumas pessoas que colecionam mas nunca houve um encontro formal. Fico morrendo de vontade de participar dos eventos que são divulgados no fórum, mas a distância e o custo inviabilizam.



Você tem alguma dica pra dar pra quem está começando a colecionar agora?

Compre o que goste (dentro do seu orçamento), seja paciente, as oportunidades de aquisição aparecem. Curta sua coleção, tente envolver seus familiares e, por fim, não faça dela um motivo de angústia.


Douglas, obrigado pela oportunidade!

Um abraço,

Carlos Eduardo.


5 comentários:

  1. Nossa, a coleção desse cara é impressionante!!!

    Esse (El Camino?) da ultima foto...putz, sem comentário!

    Flow

    ResponderExcluir
  2. Os dioramas do cara são bem detalhado e dão um tom bem diferenciado as miniaturas!!!

    Parabéns por essa fantástica entrevista!!!!

    ResponderExcluir
  3. Carlos,
    Parabéns pelos maravilhosos dioramas e pelas lindas fotos! Fazem jûs ao grande nº de visitas no CHWB!
    Parabéns tb pelo bom gosto... vários GL... tb sou fã da marca! rs
    Abs!

    ResponderExcluir
  4. oq sao esses dioramas??
    FANTASTICOS...
    o cara realmente nao eh fraco..
    show de mais!!
    PARABENS!!!

    abraços

    LuPa

    ResponderExcluir
  5. sem palavras para expressar tamanha adimiração.

    ResponderExcluir